Home / Cultura / Concurso fotográfico e tertúlia assinalam 56.º aniversário da erupção do Vulcão dos Capelinhos

Concurso fotográfico e tertúlia assinalam 56.º aniversário da erupção do Vulcão dos Capelinhos

açores_radio_lumena_turismo_noticias_vulcao_faial_capelinhos_ilha

A Secretaria Regional dos Recursos Naturais, através do Parque Natural do Faial e com o apoio de diversas entidades parceiras, promove a partir de quinta-feira, 24 de outubro, a realização de um concurso fotográfico denominado “O Ultimo Vulcão da Linha”.

O concurso será apresentado no Centro de Interpretação, às 19h00, com a realização da tertúlia “Vulcão dos Capelinhos – 56 anos de inspiração”, que será aberta ao público e contará com as intervenções de Nuno Sá, sobre o tema “Fotografar a Natureza – Uma ferramenta para a educação ambiental”, e de Paulo Silva, que abordará o tema “Sentir e Interpretar o Ambiente nos Açores”.

Nesta tertúlia participarão ainda Carlos Lobão, com uma intervenção sobre o tema “Uma Geração entre dois Desafios – Abalar para a felicidade ou ficar no desafio da ilha”, e Andrea Porteiro, que abordará “A Evolução da Paisagem do Vulcão dos Capelinhos”.

O concurso “O Ultimo Vulcão da Linha” pretende estimular, reconhecer e premiar a criatividade no âmbito da fotografia, assim como revelar novas perspetivas fotográficas do Vulcão dos Capelinhos.

Os interessados podem concorrer com um máximo de três fotografias, que deverão abordar a temática do Vulcão dos Capelinhos.

As candidaturas decorrem entre 24 de outubro e 12 de novembro, podendo o regulamento e a documentação ser descarregados no endereço eletrónico http://parquesnaturais.azores.gov.pt/faial ou solicitados em qualquer valência do Parque Natural do Faial, nomeadamente no Jardim Botânico, na Casa dos Dabney ou no Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos.

O Parque Natural do Faial pretende também com esta iniciativa reavivar a memória da população e despertá-la para o reconhecimento da importância natural e histórica, bem como para a necessidade de conservação desta paisagem única surgida na sequência de 13 meses de atividade vulcânica, entre 27 de setembro de 1957 e 24 de outubro de 1958.

O Vulcão dos Capelinhos é o último de um alinhamento de cones que se estende desde a Caldeira central da ilha do Faial até à ponta dos Capelinhos e assume-se como um local de elevada importância geológica, biológica e patrimonial, estando classificado nas categorias (IUCN) de Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies, Área de Paisagem Protegida e Área Protegida de Gestão de Recursos.

GaCs

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top