Home / Açores / Conselho Nacional de Educação analisa ensino de inglês nos Açores
Conselho Nacional de Educação analisa ensino de inglês nos Açores

Conselho Nacional de Educação analisa ensino de inglês nos Açores

O ensino de inglês nos Açores aos alunos do 1.º Ciclo da escolaridade foi analisado, em Lisboa, pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) numa audição com o Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura, Luiz Fagundes Duarte.

Na reunião, que decorreu a pedido do CNE, no âmbito da elaboração de um parecer solicitado pelo Ministério da Educação sobre a integração de uma língua estrangeira no 1.º Ciclo do ensino a nível nacional, Luiz Fagundes Duarte assegurou que “a aprendizagem de uma língua estrangeira, no caso o inglês, no 1.º Ciclo do Ensino Básico nos Açores é para continuar”.

O Secretário Regional da Educação, Ciência e Cultura considerou, no entanto, que “ainda é prematuro” chegar a conclusões sobre o sucesso ou não desta medida, que, no corrente ano letivo, abrange 655 turmas do 1.º Ciclo, que semanalmente têm 90 minutos de aprendizagem de inglês.

O ensino de inglês foi introduzido nos Açores em 2004, no âmbito das atividades de enriquecimento curricular, envolvendo então os alunos do 3.º e do 4.º ano de escolaridade.

Em 2006, a medida foi alargada aos quatro anos de escolaridade que compõem o 1.º ciclo, sendo reforçada em 2010 através de legislação que estabelece os princípios orientadores da organização da educação básica no sistema educativo regional, incluindo o currículo regional.

No corrente ano letivo, o ensino de inglês no 1.º Ciclo envolve diretamente mais de seis dezenas de docentes, além das 27 turmas do subprograma Oportunidades I, que tem como objetivo a recuperação da escolaridade por parte de alunos do 1.º Ciclo com dificuldades de aprendizagem, que contam também na sua matriz curricular com 90 minutos de aprendizagem de uma língua estrangeira.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top