Home / Politica / “Continuaremos empenhados no crescimento sustentado do Turismo com impacto positivo em todas as ilhas dos Açores”, defende Berto Messias
“Continuaremos empenhados no crescimento sustentado do Turismo com impacto positivo em todas as ilhas dos Açores”, defende Berto Messias

“Continuaremos empenhados no crescimento sustentado do Turismo com impacto positivo em todas as ilhas dos Açores”, defende Berto Messias

 

O Presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores realçou esta quarta-feira o compromisso do Partido Socialista em continuar a desenvolver todos os esforços, no âmbito das políticas públicas de fomento do sector, para garantir o crescimento sustentado do Turismo nos Açores.

Segundo Berto Messias, “há alguns anos que temos indicadores positivos que comprovam que temos conseguido um crescimento sustentado neste setor, crescimento esse que foi agora reforçado com a liberalização do espaço aéreo Açoriano e que permitiu a entrada das chamadas companhias low-cost. É fundamental continuar esse caminho de crescimento, de forma a que tenha reflexos em todas as ilhas dos Açores”.

O líder parlamentar socialista falava à saída de uma visita ao empreendimento turístico ApartHotel Atlântida Mar, situado na Praia da Vitória, que recentemente foi galardoado com o prémio “Travellers’ Choice 2016”, a mais alta distinção concedida pelo TripAdvisor.

“São estes tipo de exemplos que acabamos de visitar que garantem uma oferta diferenciada e de qualidade, que nos permitem afirmar numa área tão competitiva e exigente como é o setor turístico, com a certeza de que se trata de um pilar económico fundamental para o presente e para o futuro dos Açores”, disse Berto Messias.

Para o dirigente socialista, “é inegável o esforço que tem sido feito pelo Governo dos Açores na promoção do nosso destino e na facilitação e apoio a investimentos privados na área do turismo, na qualificação e melhoria da nossa oferta, bem como o esforço e empenho dos empresários do setor como pudemos constatar há pouco”.

“É esta complementaridade de esforços entre a esfera pública e os privados que nos tem permitido crescer. Recordo que o crescimento do setor não começou com a entrada das low-cost. Se olharmos para as estatísticas do turismo e para a sua evolução, verificamos que esse crescimento é uma realidade de há alguns anos, fruto do trabalho de promoção do destino e de qualificação da oferta feito há algum tempo. Agora temos uma fase nova, com novos desafios, mas estou certo que todos saberão responder da melhor forma, a este novo tempo”, defendeu Messias.

Berto Messias defendeu ainda a necessidade de uma maior divulgação das virtudes do novo modelo de acessibilidades. Segundo o deputado socialista “é importante divulgar mais e melhor o modelo que temos e os encaminhamentos que permite. Por vezes os turistas, sobretudo continentais, desconhecem a possibilidade de serem encaminhados para as várias ilhas dos Açores e com uma divulgação mais forte e assertiva disso podemos contrariar algumas dinâmicas diferentes que ainda existem em algumas ilhas. Mas estou certo que com o passar do tempo e com a maturação da implementação deste novo modelo o crescimento do turismo será consistente em todas as ilhas. Não nos podemos esquecer que todas as transformações decorrentes do novo modelo só começaram o ano passado e não podemos esperar que todos se adaptem a uma nova realidade tão rapidamente”.

Berto Messias referiu-se ainda ao caso específico da Praia da Vitória e da Ilha Terceira, tendo em conta a fase que atravessa devido aos impactos económicos e sociais das reduções na Base das Lajes. Segundo Messias “este setor é também uma importante alternativa económica para este concelho, e o Governo tem desenvolvido um conjunto de esforços que tem isso como prioridade. Note-se no que consta no Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira, com grande destaque para a aposta no sector turístico, veja-se o que tem acontecido com as operações em época baixa que estão a decorrer com as ligações a Madrid e a Boston e, brevemente, com a operação de Dusseldorf, e veja-se a tendência de redução de custos das passagens aéreas nas ligações Terceira-Lisboa que tem sido uma realidade e não temos dúvidas que essa tendência de decréscimo de custos vai continuar”.

GI PS Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top