“Criação de emprego, amenização dos impactos da crise e crescimento económico são as prioridades do PS no Orçamento para 2015” defende Berto Messias

À saída de uma audiência com o Presidente e com o Vice-Presidente do Governo dos Açores no âmbito da preparação do Plano e Orçamento para 2015, o Presidente do Grupo Parlamentar do PS Açores defendeu como grandes prioridades “continuar o caminho de promoção de criação de emprego e de apoio à empregabilidade, a valorização dos nossos recursos mais importantes para mais crescimento económico e um conjunto de medidas compensatórias e amenizadoras dos impactos da crise e da austeridade nacional nas famílias e nas empresas açorianas”.

Segundo Berto Messias “temos de continuar o caminho de apoio a empregabilidade que tem sido seguido, sendo clara essa opção através do reforço já anunciado às verbas afectas ao Fundo Social Europeu no novo quadro comunitário. Toda a ação política do Governo deve ter como objetivo global o emprego e a empregabilidade”.

Messias relembrou ainda que “este Plano e Orçamento são feitos num momento em que temos importantes desafios no curto prazo e portanto devem ser instrumentos de planeamento financeiro que desenvolvam a agenda de desenvolvimento estrutural da nossa Região através da materialização do novo sistema de incentivos e da valorização dos principais pilares das nossas dinâmicas económicas como o sector primário, a agricultura e as pescas, a inovação, a qualificação e o turismo. Recorde-se, a este propósito que 2015 será o ano em que as novas Obrigações de Serviço Público estarão em implementação”.

“Associado a todo este trabalho temos também de continuar a desenvolver uma ação política que amenize os impactos da crise nas famílias e nas empresas açorianas através da manutenção das medidas de apoio que temos desenvolvido nos últimos anos e que permitem garantir apoios sociais importantes, maior rendimento disponível as famílias e apoio a atividade empresarial regional”, defendeu Berto Messias.

O PS defendeu ainda a importância do envolvimento dos Municípios neste processo, sendo importante garantir que os Municípios têm acesso a todos os eixos de desenvolvimento do novo quadro comunitário.

O Presidente do Grupo Parlamentar reiterou ainda o que defendeu no Parlamento dos Açores na passada semana, “a necessidade de um alargado compromisso entre todos os parceiros sociais e partidos políticos na defesa da sustentabilidade da nossa Autonomia”.

A comitiva do Partido Socialista Açores, além de Berto Messias contou ainda com Francisco César Secretário Coordenador do PS São Miguel, Paula Bettencourt, Secretária Coordenadora do PS São Jorge, e Mark Silveira, Secretário Coordenador do PS Pico.

PS Açores

Deixe uma resposta