Home / Crónicas / Crónica de Opinião – 09 de maio de 2014

Crónica de Opinião – 09 de maio de 2014

As palavras do João – É home, vamos votar?açores_radio_lumena_noticias_turismo_ilha_cronica_João_Gago_Câmara

– É home, vamos votar?

– Votar? Vou é sachar batata!

– É home, mas é para a Europa!

– Para a Europa? E depois é a Europa que me sacha a batata, que me planta as abóboras e que me monda o serrado rente às paredes?

– É home, vê se compreendes, é só uma hora, e aqueles senhores importantes dizem que votar é um dever público. Depois encontras o Manuel da canada da bica, o António da Conceição e o Joaquim da Maria Rosa que devem estar por lá.

– Cá nada! Esses são bem discretos e a esta hora estão de enxada na mão a procurar o sustento.  Pensas que esses senhores importantes nos põem comida na mesa? Eles estão é à cata do suor do nosso trabalho para pagar de mão beijada aos amigos dos bancos alemães que se encheram à farta com esta crise que criaram. Vê a Tia Laparosa que já não toma remédios para o coração porque senão a reforma não lhe dá para pagar a renda da casa; e o Belarmino, de lá de cima das Socas, que já teve três avc’s e que continua a viver sozinho porque os filhos emigraram; e a Maria da Ana que fechou o café porque eles não aceitam que ela pague a dívida às finanças a prestações!

– É home, a Europa é nossa! Não vês que eles é que nos trouxeram os euros, a moeda nova?

– A Europa não é nossa. Nós é que somos deles. A nossa bandeira foi à vida, a  independência e o escudo! Olha, Maria, queres saber mais? Vota em mim!

– Ah, ah, ah …! É home, tu estás doido? O teu nome não está lá para se por a cruz! Agora também és um senhor importante?

– Importantes, Maria, são os que põem a comida na mesa honestamente, que trabalham de sol a sol tantas vezes sem poder, que lutam para pagar os impostos que eles inventam, os que vão de fato e gravata engordar ainda mais os bancos alemães para conseguirem empregos no FMI. Quando votares, pensa nesta nossa rua, antes cheia de remediados, hoje uma rua de pobres. E vê se eles merecem que vás à Junta por a cruz. Vota, Maria, que eu vou para a terra. Faz umas favas guisadas para o jantar que os pequenos gostam. Até logo.

João Gago da Câmara

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top