Home / Açores / CTT lançam emissão filatélica dedicado à arte da apicultura
CTT lançam emissão filatélica dedicado à arte da apicultura

CTT lançam emissão filatélica dedicado à arte da apicultura

O Secretário Regional dos Recursos Naturais manifestou, no lançamento nacional da emissão filatélica “Apicultura-Açores”, a disponibilidade do Governo dos Açores para continuar a ser um “parceiro ativo” nas emissões filatélicas dos CTT inspiradas nas ilhas açorianas, considerando que contribuem para divulgar a Região.

A emissão filatélica “Apicultura-Açores” é composta por quatro selos e dois blocos filatélicos dedicados à arte da apicultura na Região.

Trata-se de uma atividade que remonta ao sex. XV, através da introdução de abelhas por ordens religiosas, e conta atualmente com mais de 5.000 colmeias e 356 apicultores em toda a Região, estimando-se que anualmente sejam produzidas 100 toneladas de mel.

O Secretário Regional, que falava na cerimónia realizada terça-feira, em Ponta Delgada, destacou, que “o clima do arquipélago dos Açores e a ausência de doenças graves das abelhas são propícias ao desenvolvimento da apicultura e a diversidade e riqueza da flora açoriana contribuem para a obtenção de um mel de alta qualidade”.

“Por Mel dos Açores, entende-se o mel de néctar centrifugado, obtido principalmente a partir dos néctares de incenso e multiflora, cuja Denominação de Origem Protegida abrange todo o arquipélago”, frisou Luís Neto Viveiros, acrescentando que, no âmbito da diversificação agrícola, a apicultura é uma das atividades acarinhada pelo Executivo, em que “o Governo dos Açores acredita e aposta”.

Esta emissão filatélica dedicada aos Açores, em que participaram as direções regionais da Agricultura e Desenvolvimento Rural e do Ambiente, está pela primeira vez associada um conteúdo multimédia produzido por uma empresa regional, que permite ver as diferentes etapas da atividade do apicultor.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top