Home / Destaque / Debate que era sobre carne depressa se tornou sobre o setor do leite com o CDS-PP a acusar Governo de não se ter preparado para o fim das quotas leiteiras (c/áudio)
Debate que era sobre carne depressa se tornou sobre o setor do leite com o CDS-PP a acusar Governo de não se ter preparado para o fim das quotas leiteiras (c/áudio)

Debate que era sobre carne depressa se tornou sobre o setor do leite com o CDS-PP a acusar Governo de não se ter preparado para o fim das quotas leiteiras (c/áudio)

 

Um debate que era sobre o setor da carne depressa se tornou num debate sobre o setor do leite, sendo que o deputado José San-Bento da bancada socialista não gostou que Catarina Cabeceiras tivesse dito, aquando da sua intervenção no âmbito do debate, que o governo regional não se tinha preparado para o fim das quotas leiteiras.

Logo se iniciou uma troca de palavras entre os dois deputados, com Catarina Cabeceiras a responder a José San-Bento, dizendo que, de facto, as políticas implementadas pelo governo levaram a um aumento da produção, questionando de que serviram estas políticas, tendo em conta que “agora pedem que se diminua a produção”.

José San-Bento respondeu novamente à deputada do CDS-PP voltando a considerar injustas as acusações ao Governo no que toca ao fim das quotas leiteiras, destacando o esforço feito pelos agricultores.

Face a esta discussão, o presidente do governo veio a debate, onde criticou a“falsidade” da afirmação de que “o Governo Regional não se preparou para o fim das quotas leiteiras”.

O líder da bancada do CDS-PP, Artur Lima, acabou também por vir a debate reafirmar que o “o Governo não se preparou devidamente para o fim das quotas leiteiras”, dizendo mesmo que o elevado stock de queijo de São Jorge evidencia bem a situação que se vive no setor.

Perante estas declarações, o deputado socialista José San-Bento voltou a debate, considerando que o queijo de São Jorge até aumentou a produção DOP para mais de 90%.

Declarações repudiadas novamente por Artur Lima que acusou ainda o Governo Regional de vender, através da Lactaçores, o queijo de São Jorge “como marca branca nas superfícies comerciais do continente”.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top