Home / Local / Deputados Jorgenses concordam na falta de apoios para as Filarmónicas
Deputados Jorgenses concordam na falta de apoios para as Filarmónicas

Deputados Jorgenses concordam na falta de apoios para as Filarmónicas

No âmbito da celebração dos 91 anos da Sociedade Lusitânia clube Recreio Velense, os deputados jorgenses na Assembleia Legislativa Regional, Rogério Veiros, deputado eleito pelo PS e, António Pedroso, eleito pelo PSD, asseguraram que as filarmónicas carecem de apoios financeiros.

Rogério Veiros afirmou que “o Governo Regional tem alguns apoios para as filarmónicas”, esclarecendo, no entanto, que “muito mais seria preciso para ajudar estas instituições que trabalham por sacrifício, de dirigentes que todos os dias emprestam tempo seu de forma gratuita à causa pública” e de muitos jovens também que se privam de outras atividades.

Salientou também o deputado que muito mais seria preciso para ajudar estas instituições, mas que isso não acontece porque existem muitas filarmónicas na região e não há verba suficiente para responder a tudo.

O deputado socialista esclareceu ainda que recentemente foi feita uma alteração na legislação que promove os incentivos às filarmónicas, “tornando-se uma legislação mais exigente em termos de qualidade para que se recebam os apoios”.

Por seu turno, António Pedroso também reforçou o importante papel que as filarmónicas desempenham na ilha.

O social-democrata evidenciou a falta de pessoas e de sócios que se regista nas sociedades filarmónicas que culminam em dificuldades financeiras e referiu também o caso da legislação que se tornou, de facto, muito exigente, afirmando, no entanto, que outras coisas poderão ser feitas.

“É evidente que estas sociedades têm dificuldades financeiras e cada vez mais a legislação tem vindo a apertar de forma que já não se conseguem realizar os eventos todos que se realizavam”, afirmou António Pedroso.

O deputado do PSD acrescentou ainda que deve haver um especial cuidado para com estas instituições que são parte importante da nossa cultura.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top