“Descida contínua do número de desempregados nos Açores é motivo de confiança para o futuro”, defendeu Berto Messias

“O número de desempregados inscritos nas agências de emprego dos Açores voltou a a baixar no passado mês de abril, sendo este o valor mais baixo dos últimos 28 meses. Isto é a prova que as medidas de combate ao desemprego e de apoio à economia do Governo dos Açores estão a gerar bons resultados”, defendeu Berto Messias.

O Presidente do Grupo Parlamentar citava dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional, do Governo da República, realçou que “O Governo dos Açores e o PS têm trabalho para combater um quadro muito adverso nos últimos anos de crise, de desemprego e de um brutal impacto das medidas de austeridade, opção do atual Governo da República do PSD e do CDS/PP. Estes indicadores mostram que estamos no bom caminho, que estamos a conseguir vencer as adversidades e que encaramos o futuro com confiança, criando as condições para um novo ciclo de desenvolvimento nos Açores”.

“Face aos meses homólogos do ano anterior, o número de desempregados tem vindo sempre a diminuir todos os meses, desde o início de 2015, um sinal que esta descida no número de desempregados é estrutural. Se compararmos o número de desempregados inscritos em abril de 2015, verificamos que o número é 11% inferior ao de desempregados inscritos nas agências de emprego Açorianas, em abril de 2014”, realçou o deputado socialista.

Messias salientou que “antes da publicação destes números pelo IEFP, já o Instituto Nacional de Estatística tinha divulgado que os Açores foram a região do país que registou a maior redução na taxa de desemprego e maior crescimento em termos de emprego, ao longo dos últimos meses”.

“O INE e o IEFP são entidades nacionais, credíveis e externas à Região, que atestam o bom trabalho que o Governo dos Açores tem feito para combater o flagelo do desemprego, numa conjuntura económica muito adversa, quer a nível nacional, quer a nível europeu”, frisou o socialista.

Berto Messias lamentou que o maior partido da oposição, o PSD, esteja “permanentemente a procurar capitalizar descontentamentos e a promover uma política do quanto pior melhor, com o objetivo de atacar o Governo dos Açores, sem saber reconhecer o trabalho que é bem feito. Chegando até ao ridículo de inventar números para suportar as suas narrativas”.

“Nada disso afeta o Partido Socialista, que está concentrado na promoção de políticas ativas de criação e manutenção do emprego e no combate ao desemprego. E conforme atestam as entidades de referência nacional, o esforço desenvolvido pelo Governo dos Açores está a produzir resultados. Obviamente não podemos estar plenamente satisfeitos quando sabemos que muitos Açorianos estão no desemprego. Mas temos a consciência tranquila, por sabermos que o Governo dos Açores tem ido ao limite dos seus recursos e das suas competências para contribuir para a resolução do problema”, finalizou Berto Messias.

GI PS Açores/RL Açores

Deixe uma resposta