Home / Politica / Desemprego continua muito elevado nos Açores, consideram os TSD Açores
Desemprego continua muito elevado nos Açores, consideram os TSD Açores

Desemprego continua muito elevado nos Açores, consideram os TSD Açores

Os TSD Açores manifestaram hoje a sua apreensão quanto aos elevados índices de desemprego que continuam a registar-se nos Açores.

Segundo dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), em dezembro o número de desempregados inscritos nos centros de emprego da Região registou uma subida de 1,3% em relação ao mês anterior. A nível nacional verificou-se também o crescimento de inscritos nos centros de emprego, mas de apenas 0,1 por cento.

Em comunicado, os TSD/Açores alertam para o facto de o número de desempregados inscritos nos centros de emprego em dezembro ser superior ao verificado nos quatro meses anteriores, isto é, de agosto a novembro. Para além dos 11.666 inscritos há também a registar 4.929 trabalhadores ocupados em programas temporários, situação que “em nada se configura com um emprego e um rendimento estável”, disse Joaquim Machado, presidente daquela estrutura laboral social-democrata.

Outra nota de preocupação manifestada pelos TSD/Açores prende-se com o elevado número de desempregados jovens, considerando que um em cada cinco inscritos nos centros de emprego da Região tem menos de 25 anos. Além disso, mais de um terço dos desempregados registados procura emprego há mais de um ano.

Com base nos dados divulgados pelo IEFP, no último trimestre de 2014, dos 4.631 novos pedidos de emprego só foram colocados 273 desempregados, ou seja apenas seis por cento.

Os TSD/Açores salientaram que, comparativamente a dezembro de 2013, o número de inscritos baixou 11,7 por cento nos Açores e 13,8 por cento no conjunto do país, “sinal de que as políticas de combate ao desemprego continuam menos eficientes nas nossas ilhas”.

“Em dezembro de 2013 os centros de emprego da Região registavam 13.208 desempregados. Em igual período do ano anterior verificavam-se 11.445 inscritos e 9.735 em dezembro de 2011”, referiram.

Os TSD/Açores recordaram ainda que o indicador mais fiável para análise do fenómeno do desemprego é a estimativa trimestral, publicada pelo Instituto Nacional de Estatística, com base em critérios idênticos para toda a União Europeia. De acordo com esses dados, divulgados em novembro passado, é nos Açores que se verifica a maior taxa de desemprego do país – 15,7 por cento contra 13,1 por cento da média nacional.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top