Home / Açores / Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências realiza ação de prevenção para jovens finalistas do secundário
Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências realiza ação de prevenção para jovens finalistas do secundário

Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências realiza ação de prevenção para jovens finalistas do secundário

A Diretora Regional de Prevenção e Combate às Dependências participou recentemente, em S. Miguel, numa ação de sensibilização sobre comportamentos de risco associados ao consumo de substâncias lícitas e ilícitas em contexto de viagem de finalistas do ensino secundário.

“Pretendemos que esta medida leve a uma atitude preventiva face a comportamentos de risco associados ao consumo de substâncias lícitas e ilícitas numa viagem de finalistas”, afirmou Suzete Frias, que falava à margem desta iniciativa, dirigida a alunos da Escola Básica e Secundária da Povoação.

A Diretora Regional salientou que, para alguns jovens, a viagem de finalistas é vista como uma oportunidade para consumir álcool e outras substâncias psicoativas pela primeira vez e para explorar a sexualidade fora do contexto regulador dos pais, da escola e da sociedade.

Este projeto será, por isso, estendido a todas as escolas secundárias do arquipélago que tenham grupos de finalistas organizados e cujos conselhos executivos demonstrem interesse e disponibilidade para receber esta ação de sensibilização.

A equipa de formadores inclui um enfermeiro e um psicólogo da Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências, que, em colaboração com as equipas de saúde escolar, implementam esta ação.

“Embora no último relatório anual do SICAD, sobre o consumo de álcool e drogas, os Açores se apresentem como a Região do país com a segunda menor percentagem de consumo nocivo de ‘binge’ e embriaguez em jovens de 18 anos, não podemos negar a existência desta realidade e das suas consequências nefastas ou mesmo fatais”, frisou.

Suzete Frias alertou para o facto de todos os anos surgirem situações de acidentes e incidentes, mais ou menos graves, que envolvem jovens em viagem de finalistas do secundário, associados ao consumo de álcool e de outras substâncias psicoativas.

“Assim, é pertinente acompanhar estes jovens no processo de planeamento e preparação da sua viagem de finalistas, não no sentido de moralizar ou condenar comportamentos, mas antes de lhes dar algum suporte teórico e prático necessário à prevenção de situações e comportamentos de risco”, afirmou.

A reflexão nestas sessões foca-se na relação entre o consumo de substâncias psicoativas e a diversão, no planeamento das viagens e na prevenção dos comportamentos de risco.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top