Desporto

Diretor Regional do Desporto entrega troféus da XII Gala do Desporto Açoriano em S. Jorge

O Diretor Regional do Desporto, António Gomes, entrega sexta-feira, na Vila das Velas, os troféus atribuídos a personalidades, entidades e atletas da ilha de S. Jorge no quadro da XII Gala do Desporto Açoriano.

Nesta cerimónia, que decorrerá a partir das 18h30 no auditório da Escola Profissional de S. Jorge, será entregue o prémio “Personalidades” a Luís Carlos Ferreira Gambão, que completou 30 anos como dirigente do Grupo Desportivo Velense, e a Victor Fernando Machado Soares, pelos seus 25 anos de atividade como treinador e dirigente do Judo Clube de S. Jorge.

Na categoria de Resultados e Classificações Nacionais e Participações Internacionais, António Gomes entregará troféus aos atletas Carlos Luz, primeiro classificado em menos de 81 quilos na Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi, e a Luís Lopes do Carmo, primeiro classificado no Campeonato Nacional de Seniores e na Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi em mais de 100 quilos, ambos do Judo Clube de S. Jorge.

Na categoria de Seleções Nacionais, serão distinguidos os atletas André Soares, que representou a Seleção Nacional no Torneio Internacional da Suíça, nas Taças da Europa da Bósnia, Turquia, Suécia e Espanha, na categoria de menos de 66 quilos, Filipe Soares, que representou as cores nacionais na Taça da Europa de Cadetes na categoria de menos de 50 quilos, e Tiago Rodrigues, que, na categoria de menos 90 quilos, representou Portugal nas Taças do Mundo masculina de Portugal e Espanha, nas Taças da Europa de seniores de Espanha e Suécia e no Campeonato Europeu de Sub 23, em Praga.

Estes três atletas também são do Judo Clube de S. Jorge.

A Gala do Desporto Açoriano visa homenagear e distinguir os agentes desportivos, as entidades do desporto escolar e as entidades do associativismo desportivo que se notabilizaram ao longo do ano anterior através dos resultados e classificações alcançados, bem como pelo contributo que deram ao desenvolvimento desportivo regional através do trabalho desenvolvido, reconhecendo assim o Governo dos Açores o seu valor social.

Para este efeito, foi criado um novo modelo descentralizado de entrega dos troféus, procurando a aproximação da população e, em particular, dos apoiantes ao atleta, ao clube, à modalidade e aos seus agentes.

GaCS

Comment here