Ultimas
Home / Destaque / Doentes de São Jorge prejudicados por mau serviço da SATA, critica o PSD
Doentes de São Jorge prejudicados por mau serviço da SATA, critica o PSD

Doentes de São Jorge prejudicados por mau serviço da SATA, critica o PSD

A comissão política de ilha de São Jorge do PSD/Açores denunciou que o “mau serviço” prestado pela SATA está a prejudicar os cidadãos da ilha, nomeadamente os doentes deslocados, obrigados a permanecer mais tempo fora de São Jorge por falta de lugares nos voos.

“Além dos turistas que se viram impossibilitados de fazer os encaminhamentos gratuitos a que tinham direito, os doentes deslocados foram prejudicados porque se viram obrigados a permanecer mais dias fora da sua ilha com os custos inerentes, tanto financeiros como sociais”, afirmaram, em comunicado, os social-democratas jorgenses.

A comissão política de ilha de São Jorge do PSD/Açores, presidida por António Pedroso, referiu que, “apesar de a SATA ter criado alguns voos extraordinários no final do mês de agosto, para aliviar as enormes listas de espera, tal não solucionou o problema na totalidade”.

“Já foi demasiado tarde para dar resposta a tantos passageiros que tentaram em vão confirmar passagem para São Jorge e não o conseguiram, sendo obrigados a mudar os seus planos de viagem, e até mesmo a cancelar as suas férias nos Açores, indo para outros destinos”, consideraram os social-democratas.

Os dirigentes do PSD/Açores da ilha de São Jorge salientaram também que atualmente se assiste ao “drama dos pais e estudantes que tentam chegar ao continente nas próximas semanas, para ingressar nas universidades, e que se veem confrontados com a impossibilidade de confirmação de lugares nos aviões”.

“Apesar dos alertas já feitos pelo PSD/Açores e por instituições da sociedade civil, persiste a falta de lugares nas ligações inter-ilhas, o que prejudica a mobilidade dos açorianos, e de quantos nos visitam, tendo-se gerado um caos nas reservas da SATA com listas de espera na ordem dos 80 por cento”, referiram.

Para a comissão política de ilha de São Jorge do PSD/Açores, esta situação vem demonstrar a “impreparação da administração da SATA, bem como do governo regional de Vasco Cordeiro, que tem a tutela a empresa, para preparar a operação inter-ilhas durante verão”.

“O novo modelo de transporte aéreo entre a Região e o exterior já fazia prever aumento do número de passageiros em todas as rotas, o que obrigava a SATA a fazer um planeamento adequado das ligações inter-ilhas. A falta de lugares que se está a verificar comprova que a operação da SATA Air Açores foi planeada em cima do joelho, revelando um amadorismo inadmissível”, afirmaram os social-democratas de São Jorge.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top