Home / Politica / Duarte Freitas afirma que vai criar “verdadeira política agrícola” regional
Duarte Freitas afirma que vai criar “verdadeira política agrícola” regional

Duarte Freitas afirma que vai criar “verdadeira política agrícola” regional

O candidato do PSD/Açores a presidente do governo garantiu segunda-feira que vai implementar uma “verdadeira política agrícola” regional, pondo termo à “falta de rumo” para o setor que caracterizou os 20 anos de governação socialista.

“Não existe uma política agrícola nos Açores. Mas comigo vai haver essa política agrícola. Não vamos estar apenas dependentes de Bruxelas e de Lisboa. Temos que ter um rumo que nunca tivemos até aqui”, afirmou Duarte Freitas, num encontro com agricultores da ilha de São Miguel, que decorreu na Casa do Povo da Ribeirinha.

O líder dos social-democratas açorianos salientou que, nos últimos 10 anos, fez sucessivos avisos sobre o impacto do fim do regime de quotas leiteiras na Região e apresentou diversas propostas para o setor, quer foram ignoradas pela governação socialista.

“Primeiro chamaram-me alarmista. Depois diziam que estava tudo pensado e que a Região estava precavida para enfrentar o fim das quotas leiteiras. Agora que as coisas estão mal é que [os socialistas] chamam os outros partidos para resolver o problema. Sim, vamos resolver, mas nas eleições de outubro”, disse.

Duarte Freitas referiu que está agora nas mãos dos agricultores açorianos decidir se querem ou não continuar “a dar ouvidos àqueles que os trouxeram até aqui”, salientando que a sua responsabilidade, enquanto candidato a presidente do governo, “é apontar outro caminho para a lavoura dos Açores”.

O presidente do PSD/Açores garantiu aos agricultores presentes que nos primeiros seis meses de mandato à frente do governo regional vai criar a representação dos Açores em Bruxelas, o Observatório do e uma associação interprofissional com representantes de toda a fileira do leite.

O líder dos social-democratas açorianos referiu igualmente que existe uma “solução imediata” para os produtores de leite enfrentarem a quebra de rendimento que os afeta e que passa por negociar com o setor da distribuição.

“A nível regional, nacional e no âmbito da União Europeia temos de tudo fazer para, junto da distribuição, conseguir fugir ao esmagamento dos preços e resolver o problema das prateleiras. Temos de conseguir colocar os nossos produtos, custe o quer custar. Nem que vá o presidente do governo a Lisboa falar com a distribuição”, afirmou.

Para Duarte Freitas, esta negociação com o setor da distribuição é urgente, dado que “é o coração da economia dos Açores que está em causa”.

O presidente do PSD/Açores defendeu também a constituição de um fundo mutualista para a agricultura com recurso a fundos comunitários, de modo a que possa “aproveitar alguns fundos disponíveis para usar nas alturas mais difíceis” para o setor.

“Os próprios fundos comunitários podem apoiar a criação e a gestão de um fundo mutualista. Os agricultores serão igualmente chamados, mas o governo regional. A última reforma da Política Agrícola passou a permitir fundos para enfrentar crises de mercado”, salientou Duarte Freitas.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top