Politica

Duarte Freitas defende uma verdadeira Política Agrícola Regional para salvar os produtores de leite

O Presidente do PSD/Açores defendeu este sábado “uma verdadeira política agrícola regional para salvar os produtores de leite. Só atuando diretamente junto da produção e junto da indústria se poderá valorizar um produto tão importante para a economia regional”, afirmou.

Duarte Freitas falava durante a visita a uma exploração agrícola, na freguesia da Feteira, em Angra do Heroísmo, onde considerou urgente “que se negoceie com os hipermercados e com a cadeia de distribuição, em Portugal e no estrangeiro”, assim como “devem ser criados novos produtos, para chegar a novos mercados, e para valorizando os produtos da Região”, afirmou.

“Só escoando eficazmente os stocks existentes de produtos açorianos sairemos do ciclo de esmagamento de preços a que a Região está submetida”, referiu.

O Presidente do PSD/Açores recordou que, “foi na Terceira que, há cerca de um ano, avancei com a ideia de se implementar um mecanismo comum, junto da União Europeia, visando salvaguardar a produção leiteira. O que outros países começam a defender. É altura de aproveitarmos essas ideias, porque os Açores já perderam demais”.

Para Duarte Freitas, as medidas do Governo Regional “de combate à grave crise que atravessa o setor leiteiro, pecaram por tardias e por serem escassas. O que se está a passar com a produção de leite só prova que é tempo de mudar, porque o pouco que foi feito não se revelou eficaz”, afirmou.

O líder social democrata acusou mesmo a tutela “de ter acordado tarde para as dificuldades que o fim das quotas leiteiras provocaram, estando agora os produtores duplamente penalizados, porque a indústria está a cortar a possibilidade de produção e a diminuir os preços”, referiu.

“O PSD/Açores fez várias propostas nos últimos anos, que o Governo Regional nunca acatou, por mera teimosia. O mesmo governo que não soube atuar, nunca solucionando os problemas dos produtores. E esses sim, souberam cumprir o que lhes foi pedido, investindo numa maior qualidade do seu produto”, sublinhou.

Duarte Freitas afirmou, por outro lado, que “não é saudável que, numa ilha onde a produção de leite tem a importância que se conhece na Terceira, o setor esteja nas mãos de um único industrial ou de um único distribuidor. Tem que se intervir politicamente, no imediato, para libertar os produtores desta dependência”.

O Presidente do PSD/Açores defende “uma intervenção imediata, junto da indústria, para que a prazo se possam encontrar outras soluções, que passem por outras produções, outros industriais, e outras formas de distribuir e comercializar o produto. Obtendo assim as desejadas mais valias, que tardam em surgir nos Açores, e especialmente na Terceira”, concluiu.

GI PSD Açores/RL Açores

Comment here