Home / Politica / Duarte Freitas garante serviços de Saúde que “deem resposta” a problemas dos açorianos
Duarte Freitas garante serviços de Saúde que “deem resposta” a problemas dos açorianos

Duarte Freitas garante serviços de Saúde que “deem resposta” a problemas dos açorianos

 

O candidato do PSD/Açores a presidente do governo garantiu hoje que vai tomar medidas para que o Serviço Regional de Saúde “dê resposta às necessidades dos açorianos”, alegando que as “desigualdades sociais” também se agravaram no acesso à Saúde.

“Aquilo a que temos assistido é a uma degradação do acesso dos açorianos aos cuidados de saúde. Aquilo com que nos temos deparado é uma deterioração dos cuidados de Saúde prestados aos açorianos, em consequência das opções políticas de um regime com 20 anos”, afirmou Duarte Freitas, em conferência de imprensa.

O líder dos social-democratas açorianos salientou que os governos regionais socialistas deixam aos açorianos uma “herança inaceitável” no acesso à Saúde, “que ajuda a explicar a lentidão do desenvolvimento económico dos Açores e as dificuldades mais gravosas nos tempos de crise”.

“Em 20 anos de regime do Partido Socialista, as desigualdades sociais nos Açores agravaram-se e temos de as combater, porque o nosso desenvolvimento se constrói aqui. É tempo de dizer basta”, disse.

Duarte Freitas referiu que o acesso à Saúde “é um direito dos açorianos, mas também um fator de desenvolvimento”, e assegurou que, como presidente do governo, vai “apostar em corrigir o que todos sentimos que está mal e o que todos vemos que não chega”.

“Um governo liderado por mim sabe o que quer para a Saúde. Queremos um sistema que dê resposta às necessidades dos açorianos, quando dele precisamos. Queremos um sistema que esteja presente onde os açorianos precisam dele. Queremos um sistema que tenha capacidade técnica para apresentar soluções. Queremos um sistema que seja um apoio real das famílias e não um problema”, sublinhou.

O presidente do PSD/Açores realçou que um governo regional social-democrata “sabe o que quer para a Saúde, está a identificar os problemas e a preparar soluções”, definindo o setor da Saúde como uma “prioridade”.

“Eu não me conformo e os açorianos não se podem conformar em viver numa terra onde – depois de 20 anos de governo socialista – 50 mil dos nossos familiares, dos nossos amigos, dos conhecidos, não têm médico de família”, afirmou.

Duarte Freitas garantiu, por isso, que um governo da sua responsabilidade vai trabalhar para que “cada açoriano tenha um médico de família”, bem como “promover novas formas de organização na prestação de cuidados primários à população”.

“Vamos criar as unidades de saúde familiar de São Miguel e da Terceira que permitirão uma gestão clínica por objetivos com ganhos para os utentes. O acesso à Saúde é um direito dos açorianos e um dever de quem governa”, disse.

O líder dos social-democratas açorianos referiu também que não se conforma com “listas de espera para cirurgias com 10 mil nomes de pessoas e com três a cinco anos de espera e de sofrimento pelo acesso à Saúde”.

“Vamos promover a criação de um programa de recuperação das listas de espera cirúrgicas, respeitando os tempos máximos de resposta garantidos previstos na lei. Vamos fazer isso procurando maximizar o aproveitamento dos recursos hospitalares, para pôr travão a esta situação”, garantiu.

Duarte Freitas comprometeu-se igualmente a resolver os problemas com a deslocação de médicos especialistas, dado que “as opções políticas do governo do Partido Socialista fizeram diminuir drasticamente a deslocação de médicos especialistas aos centros de saúde e queremos inverter esta situação”.

“Vamos alterar a legislação, para repor de imediato a deslocação de especialistas às ilhas sem hospital e aos hospitais da Horta e de Angra do Heroísmo”, assegurou.

O presidente do PSD/Açores acrescentou “não querer pactuar com cortes no apoio aos doentes deslocados ou nos reembolsos dos exames, tratamentos e consultas, porque isso é dizer que alguns de nós não têm acesso à Saúde”.

“Vamos alterar o regime de convenções dos exames complementares de diagnóstico e todo o regime de reembolsos. Vamos alterar o apoio aos acompanhantes e doentes deslocados e pagar o transporte terrestre de quem tem de se deslocar”, anunciou.

Para o líder dos social-democratas açorianos, “a Saúde é um bem precioso e não podemos pactuar com a promoção da desigualdade entre os açorianos, porque não há cidadãos de primeira e de segunda”.

Duarte Freitas revelou ainda que as propostas do partido para a Saúde surgem porque o PSD/Açores reuniu “capacidade técnica” para apresentar soluções para o setor, em “parceria com todos os agentes do setor e com a ambição de servir os açorianos”.

O presidente do PSD/Açores esteve acompanhado por Luís Maurício, vice-presidente do partido e membro do grupo de trabalho responsável pela elaboração do programa de governo do PSD/Açores.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top