Duarte Freitas quer uma nova aposta na Economia Social

O Presidente do PSD/Açores defendeu esta manhã “uma nova aposta na Economia Social, uma das poucas áreas, mesmo a nível europeu, em que atualmente se criam empregos. Daí que, às novas solicitações e dificuldades, devemos responder com novas soluções, e a Economia Social deve ter um novo impulso na Região”, referiu.

Após uma visita à Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo, Duarte Freitas alertou para “a crescente falta de coesão social, a qual merece a nossa maior atenção, e isso faz-se com criatividade e com inovação. E esta Economia Social que o PSD/Açores defende permite criar empregos, mas também dar respostas sustentadas aos problemas que a nossa população sente”.

Para o líder do PSD/Açores, é preciso “aprofundar toda essa matéria”, tendo em vista essencialmente “a criação de emprego jovem, e sendo que a taxa de desemprego jovem nos Açores é brutal, é a maior do país, à qual se junta uma nova geração muito qualificada e que precisa de oportunidades para dar o seu conhecimento aos açorianos”, sublinhou.

“O PSD/Açores apresentou recentemente um pacote social, que foi trabalhado em conjunto com muitos dos atores desta Economia Social que refiro, mas esse é um trabalho permanente, que fazemos junto das instituições, no sentido de melhorar as suas condições”, frisou Duarte Freitas.

O social democrata adiantou que “vamos analisar aquilo que, a curto e médio prazo podemos fazer pelas IPSS açorianas, sabendo que os apoios nunca são suficientes porque cada vez há mais pessoas com dificuldades e que batem à porta dessas entidades”.

“E não são apenas pessoas idosas”, alertou, “mas também outras que, por razões de saúde ou por falta de emprego, atravessam enormes dificuldades. Daí que nunca é demais realçar o grande trabalho que estas instituições levam a cabo, face aos problemas que as pessoas estão a sentir”, concluiu Duarte Freitas.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta