CulturaDestaqueLocal

Emigrantes açorianos no Canadá não esquecem raízes e apoiam a Rádio Lumena

 

A Rádio Lumena recebeu recentemente um donativo monetário conseguido através de uma angariação de fundos levada a cabo pela Casa dos Açores em Winnipeg, no Canadá. Maria Coquete, emigrante jorgense no Canadá, foi quem deu a cara por esta angariação de fundos e envidou esforços para que os Nossos emigrantes apoiassem a Rádio Lumena.

Como é do conhecimento geral, a Rádio Lumena, detida pela Cooperativa de Difusão Cultural Jorgense, atravessa, a par da maior parte dos órgãos de Comunicação Social privados da região, por dificuldades financeiras, face aos crescentes encargos decorrentes de impostos e, no caso da Rádio Lumena, devido a sucessivas avarias nos equipamentos, já sendo estes bastante antigos.

Desta forma, a Casa dos Açores em Winnipeg, através de Maria Coquete, predispôs-se a ajudar a Rádio Lumena, fazendo uma angariação de fundos, com a venda de “malassadas”, cuja verba adquirida, que já foi entregue à rádio, servirá para começar a trabalhar nas reparações necessárias de momento.

Em entrevista à Rádio Lumena, Maria Coquete, a promotora desta angariação de fundos falou sobre o trabalho que é desenvolvido pela Casa dos Açores em Winnipeg, revelando que ela em conjunto com outra emigrante são as cozinheiras de serviço. “Fazemos muitas festas e também temos a Semana Cultural que é em Novembro, temos a matança do porco em Janeiro, o São Valentim em Fevereiro, o jantar o Dia da Mãe, a Festa da Santíssima Trindade e muitas mais todo à moda Açoriana”, fez saber Maria Coquete. A emigrante contou ainda que na Casa dos Açores em Winnipeg fazem ainda casamentos, batizados e aniversários, revelando também que “pela Semana Cultural vêm muitos cantadores da Terceira e de São Jorge e da América”.

Maria Coquete que está na Cozinha da Casa dos Açores em Winnipeg desde 2011, afirmou gostar muito da Cultura Açoriana, revelando que têm “muito voluntários para ajudar pelas festas”, havendo “dias que aperta mais, mas todos juntos é uma família”, afirmando adorar o convivo com os amigos.

No que diz respeito a esta angariação de fundos em concreto para a Rádio Lumena, Maria fez saber que “os emigrantes jorgenses foram muito amáveis para ajudarem a rádio da sua ilha”, revelando não terem sido apenas os jorgenses, mas também os emigrantes de outras ilhas, destacando ainda o apoio da Casa dos Açores na confeção das Malassadas que foram então vendidas a favor da Rádio Lumena, em São Jorge.

Para Maria Coquete “foi um prazer ajudar a nossa linda ilha”.

 

 

 

RL Açores

Comment here