Home / Destaque / Escola Profissional da Ilha de São Jorge celebra 20 anos com situação financeira mais estável (c/áudio)
Escola Profissional da Ilha de São Jorge celebra 20 anos com situação financeira mais estável (c/áudio)

Escola Profissional da Ilha de São Jorge celebra 20 anos com situação financeira mais estável (c/áudio)

A Escola Profissional da Ilha de São Jorge está a celebrar 20 anos e promoveu por mais um ano a iniciativa”Escola Aberta”.

A iniciativa começou com uma sessão onde ficou assente que, apesar da situação conturbada que a escola viveu há cerca de três anos, onde na altura teve que despedir funcionários e iniciar um processo de reestruturação, a situação é hoje mais favorável, como fez saber Luís Silveira, presidente do Município das Velas.

Para o autarca velense, falar em Escola Profissional é falar em desenvolvimento da ilha de São Jorge.

Apesar de a situação ser, hoje em dia, mais estável, Luís Silveira realçou que a escola continua a estar sobredimensionada, apontando o dedo à escola pública que inclui agora na sua oferta formativa cursos profissionais, que são na sua opinião concorrência às escolas profissionais.

Uma opinião, aliás, partilhada por Roger Sousa, presidente do Conselho Executivo da Escola Profissional de São Jorge.

Ora, Roger Sousa enalteceu, por outro lado, a elevada taxa de empregabilidade dos formandos da escola.

A celebrar 20 anos houve dois nomes que foram relembrados e que merecera o reconhecimento do presidente da Câmara Municipal das Velas durante esta sessão, nomeadamente o nome do já falecido Professor Nazário Nunes e do antigo presidente do Município Velense, António Silveira, que, para Luís Siveira, foram dois impulsionadores da Escola Profissional.

A Escola promoveu, assim, por mais um ano a iniciativa ”Escola Aberta”, onde alunos de vários cursos tiveram oportunidade de mostrar os trabalhos desenvolvidos ao longo do ano.

A iniciativa contou ainda com a presença de antigos alunos que falaram aos atuais alunos sobre a sua experiência enquanto formandos e da sua entrada no mercado de trabalho na ilha de São Jorge em particular.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top