Home / Destaque / Escola Profissional da Ilha de São Jorge promoveu Dia Aberto
Escola Profissional da Ilha de São Jorge promoveu Dia Aberto

Escola Profissional da Ilha de São Jorge promoveu Dia Aberto

A Escola Profissional da Ilha de São Jorge organizou, na passada semana, o seu Dia Aberto, onde alguns alunos tiveram oportunidade de mostrar a quem visitou a escola naquele dia alguns dos projetos desenvolvidos ao longo do ano.

De acordo com Roger Sousa, presidente do conselho executivo da escola, o Dia Aberto tem sido feito ao longo dos anos e “tem como objetivo mostrar à comunidade em geral os projetos que são desenvolvidos ao longo do ano pelos alunos e pelos formadores”.

O presidente do Conselho Executivo referiu que no decorrer deste dia aberto realizou-se também na quinta da escola profissional “uma mostra dos trabalhos desenvolvidos ao longo do ano” relacionados com a área agrícola, nomeadamente nos cursos de Técnico de Produção Agrária PROFIJ IV e Operadores Agrícolas REATIVAR e PROFIJ II, sendo “visíveis as melhorias feitas na quinta”.

Roger Sousa salientou ainda um projeto que foi apresentado no concurso IdeiAçores, em São Miguel, tendo conseguido arrecadar o 3º lugar, dando prestígio aos alunos e também à Escola Profissional da Ilha de São Jorge, denominado de “Muscle Energy”.

Quanto a este mesmo projeto, o “Muscle Energy”, Filipe Cardigos, aluno do curso de Manutenção Indústria Mecatrónica automóvel do 1ºano, explicou, exatamente, em que consiste este projeto que foi apresentado a todos os que compareceram neste dia aberto da Escola Profissional.

“Queríamos ajudar o meio ambiente e deixar de ser tão dependentes dos combustíveis fósseis, tendo surgido daí esta ideia, tentando melhorar o meio ambiente”, explicou o aluno, referindo que “trata-se de uma máquina de musculação copulado por um motor ou um dínamo que, ao fazer o exercício físico, produz energia elétrica”, sendo um produto ideal para ginásios, por exemplo, como referiu Filipe Cardigos.

Outro dos projetos ainda apresentados durante este dia pertencia ao curso Técnico de Mecatrónica IV, à turma do 2º ano, que desenvolveram uma réplica de um braço robótico industrial.

Marco Fontes, professor responsável pelo projeto, explicou que o projeto foi desenvolvido no módulo VI de Robótica e “consiste numa réplica do braço robótico industrial, que é utilizado na indústria automóvel e em outras indústrias”.

Liliana Andrade/RL Açores

 

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top