Festas de São Jorge 2015 vão homenagear “Vivências do Passado”

Vivências do Passado é a temática das Festas de São Jorge deste ano. De 23 a 25 de Abril serão homenageados de diversas formas os antepassados e recordadas muitas tradições e muito daquilo que foi deixado por esses mesmos antepassados, como afirmou a Vereadora do Município Velense, Janete Fonseca.

A inauguração do Arquivo Histórico Municipal “João Gabriel de Ávila” e o “Concerto comemorativo dos 150 anos do Órgão de Tubos da Matriz das Velas” foram dois dos acontecimentos que impulsionaram a temática das festas.

“A temática surgiu em parte porque será inaugurado o nosso Arquivo Histórico Municipal e após uma troca de impressões com algumas instituições do concelho decidimos que seria um bom tema para aliar às Festas de São Jorge e a partir daí desenvolveu-se todo o programa”, explicou a Vereadora.

Janete Fonseca ressalvou outro dos factos que contribuiu para a escolha desta temática,  “este ano o nosso Órgão de Tubos da Igreja Matriz comemora 150 anos da sua construção por Tomé de Lacerda e nós quisemos também dar ênfase a essa colaboração e integrar tudo isto nas Festas de São Jorge”.

Janete Fonseca fez questão de salientar mais uma vez o trabalho desenvolvido entre o Município, a Associação Cultural e as Instituições do concelho que podem assim mostrar o trabalho que desenvolvem.

Mário Soares, presidente da Associação Cultural, destacou exatamente o trabalho dessas Instituições salientando o facto de nestas festas de pretender dar destaque aos grupos de São Jorge.

“À semelhança do que aconteceu o ano passado é sempre uma oportunidade para mostrar as nossas filarmónicas, os nossos grupos que temos cá na ilha e é nosso objetivo pô-los em palco”, frisou o Presidente da Associação Cultural, salientando que têm conseguido fazer esta festa “com a prata da casa, com os grupos de São Jorge”.

De salientar que no decorrer das festas de São Jorge serão distinguidas como já é habitual individualidades ligadas à ilha. Este ano será entregue a Chave de Ouro do Município ao Monsenhor Doutor José Avelino Bettencourt e a Medalha de Prata do Município à Doutora Rosa Pinto.

Teatro de Rua, desfiles da Charanga de Bombeiros, Grupos de Folclore e Carros Alegóricos, concertos de filarmónicas e de bandas locais e cantorias ao desafio vão animar a Vila das Velas ao longo de três dias de festa.

Uma festa que, de acordo com Mário Soares, está orçamentada em cerca e oito mil euros.

Arquivo Histórico Municipal João Gabriel de Ávila

João Gabriel de Ávila era um colaborador da autarquia, que trabalhou algumas décadas no município, sendo que “é graças a ele que nós temos hoje o espólio que temos no nosso arquivo”, afirmou Janete Fonseca, dando explicação ao nome escolhido para o Arquivo Histórico do Município.

“Foi graças ao trabalho que ele desenvolveu e ao zelo que ele teve por todo aquele arquivo enquanto colaborador e enquanto chefe de secretaria, que nós hoje podemos ter acesso a documentos muito antigos e com um valor incalculável no nosso Arquivo Histórico”, explicou a Vereadora.

De acordo com Janete Fonseca o dar o nome deste colaborador ao Arquivo foi a maneira encontrada pelo Município para o homenagear.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta