Formação em segurança a bordo é fundamental, afirma Diretor Regional das Pescas

O Diretor Regional das Pescas destacou hoje, na Horta, a importância de os armadores e pescadores açorianos estarem preparados para enfrentar situações adversas em alto mar, defendendo a necessidade de se reforçar a formação em segurança a bordo.

Luís Rodrigues falava à margem de uma reunião com o Presidente da Federação de Bombeiros dos Açores onde foi analisada a criação de uma parceria entre as duas entidades que permita assegurar “medidas efetivas de prevenção e de segurança junto das comunidades piscatórias”.

O Diretor Regional alertou que, “em caso de acidente no mar, é fundamental que os pescadores conheçam os procedimentos corretos de emergência a tomar”, defendendo que, para isso, “é necessário estarem cientes dos riscos que correm e compreenderem também a importância de adotar medidas de prevenção”.

Luís Rodrigues frisou que a Direção Regional das Pescas, através de uma parceria com os Bombeiros dos Açores, pretende “sensibilizar e formar armadores e pescadores na área da segurança a bordo das embarcações”.

Apesar dos cursos de formação de pescadores incluírem módulos relacionados com a segurança a bordo, o Diretor Regional defendeu que é necessário um “reforço” da formação nesta área que abranja temas como os planos de prevenção contra incêndio, os procedimentos de atuação em caso de emergência e a instrução básica de utilização dos meios de primeira intervenção, como, por exemplo, os extintores.

“O objetivo principal é evitar acidentes no mar”, salientou, defendendo também a importância da presença das comunicações a bordo das embarcações, visto que, na maior parte dos casos, o radio VHF é o único meio de contacto disponível.

“Os profissionais devem estar perfeitamente ao corrente das boas práticas de utilização destes equipamentos de comunicação”, frisou Luís Rodrigues.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta