AçoresTurismo

Governo aposta na construção de um Destino Turístico “catalisador de desenvolvimento”

O Secretário Regional do Turismo e Transportes assegurou esta quarta-feira, na Horta, que o Governo dos Açores vai continuar a trabalhar e a inovar, numa conjugação de esforços entre entidades públicas e privadas, para a construção de “um verdadeiro Destino Turístico catalisador de desenvolvimento, que se traduza também na melhoria da qualidade de vida” de todos os que vivem no arquipélago.

Vítor Fraga, numa intervenção no plenário da Assembleia Legislativa, revelou que, para esse objetivo, no próximo ano será concluído e começará a ser implementado o Plano Estratégico para o setor, com o horizonte temporal de 2020, estando ainda prevista a conclusão da “revisão de toda a regulamentação das atividades de animação turística”, tendo em vista “simplificar, adaptar e agilizar procedimentos”.

O Secretário Regional salientou ainda que o desenvolvimento e a estruturação de produtos turísticos como o termalismo, o BTT, o canyoning ou o mergulho com tubarões será uma prioridade, a par da consolidação de produtos como os trilhos pedestres, a observação de cetáceos e a gastronomia, para o que foram alocados mais de 2,6 milhões de euros.

“A requalificação da nossa oferta hoteleira, que deve estar claramente identificada com as caraterísticas do destino e evidenciar os seus aspetos diferenciadores, é outra prioridade”, afirmou o titular da pasta do Turismo, salientando que “esta não é claramente uma tarefa que o Governo, por si só, possa concretizar, mas cá estamos para levá-la por diante, em conjunto com os nossos empresários”.

Vítor Fraga destacou também o reforço de 18% das verbas destinadas à promoção e desenvolvimento do Destino Açores, que, além da consolidação das operações existentes, “tem o objetivo claro de inovar e tirar partido do acesso a novas oportunidades, a novos segmentos de mercado que chegarão neste novo tempo”.

Para o Secretário Regional, “torna-se igualmente fundamental uma verticalização da oferta, onde o que se vende são experiências e emoções, que têm como base uma Região fantástica, internacionalmente conhecida e reconhecida como de excelência em diversos âmbitos, como ficou bem patente ao ser a única região do mundo galardoada com o Quality Coast Platina”.

A atenuação dos efeitos da sazonalidade continuará também a merecer uma especial atenção, através da implementação de campanhas específicas e da inovação, com o desenvolvimento de novos produtos turísticos.

Segundo Vítor Fraga, será ainda dada continuidade à política de dinamização da captação de cruzeiros, nomeadamente cruzeiros temáticos, perspetivando-se um ano de 2015 com um número recorde de escalas.

GaCS/RL Açores

 

Comment here