Home / Açores / “Governo deve parar e pensar antes de mandar construir navios”, defende Duarte Freitas
“Governo deve parar e pensar antes de mandar construir navios”, defende Duarte Freitas

“Governo deve parar e pensar antes de mandar construir navios”, defende Duarte Freitas

O presidente do PSD/Açores defendeu, esta quarta-feira, na Lagoa, que “o presidente do governo regional está ainda a tempo de evitar cometer um erro com a anunciada construção de dois navios para o transporte marítimo de passageiros inter ilhas” e desafiou o executivo socialista “a divulgar os estudos que sustentaram essa decisão e a iniciar um verdadeiro debate sobre qual o melhor modelo para avançar com esse processo”.

Duarte Freitas, que falava na abertura de uma exposição sobre os 40 anos do PSD/Açores, considerou que o atual processo “foi muito mal explicado pelo governo regional”. De facto, recordou “no início da legislatura foi o próprio o presidente do governo que disse recusar a construção de dois navios para o transporte inter-ilhas com o argumento de que a crise económica não permitia esse investimento”.

“Agora que a crise é mais grave ainda menos sentido faz avançar com a construção de dois navios por mais de 80 milhões de euros”, estranhou.

O líder dos sociais-democratas defendeu, por isso, que o executivo socialista “está ainda a tempo de parar para pensar, para refletir e debater este assunto de forma a que se chegue a uma solução que acautele o interesse económico dos Açores”.

A esse propósito, Duarte Freitas recordou que o PSD/Açores “pediu ao governo socialista informações sobre o projeto e cópia dos estudos sobre a viabilidade desse projeto. A verdade é que até hoje não recebemos qualquer resposta, o que nos faz duvidar dos fundamentos que justificam a construção desses navios”.

Duarte Freitas defendeu também que “os Açores não podem continuar a ser governados pelo modelo socialista de gastar por gastar, de executar fundos comunitários sem ter em consideração o seu impacto na economia”.

“Construímos escolas grandes e bonitas mas lideramos as estatísticas de insucesso e abandono escolar, construímos muitas estradas mas estamos com o maior desemprego da Autonomia. Temos de deixar de ser apontados como um caso de muita execução financeira para passar a apostar nos resultados dessas políticas”, disse, considerando que “os governos socialistas são bons a gastar mas muito fracos nos resultados que apresentam”.

Duarte Freitas apelou, por isso, “a que o governo regional aproveite a recusa de todas as propostas na primeira fase do concurso para repensar esse projeto, para que seja feito um verdadeiro debate sobre a utilidade desse investimento e para que ele seja reformulado de forma a responder às verdadeiras necessidades da economia dos Açores”.

PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top