Home / Açores / Governo dos Açores apoia funcionamento de centros de investigação científica 
Governo dos Açores apoia funcionamento de centros de investigação científica 

Governo dos Açores apoia funcionamento de centros de investigação científica 

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou hoje, em Angra do Heroísmo, que os centros de investigação científica dos Açores “vão receber apoio financeiro para o seu funcionamento”.

Fausto Brito e Abreu salientou o investimento total deste apoio corresponde a 193 mil euros, acrescentando que “cada centro irá receber uma verba entre 5.000 e 12.500 euros, consoante critérios como o número de investigadores doutorados, a atividade laboratorial e o número de projetos internacionais em curso”.

O Secretário Regional, que falava durante uma visita ao Serviço Especializado de Epidemiologia e Biologia Molecular (SEEBMO) do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, frisou que “a aposta na investigação científica e no conhecimento é um compromisso do Governo dos Açores para o futuro”.

“O financiamento da Ciência na Região é uma das prioridades” deste Executivo, assegurou Brito e Abreu, salientando, nesse sentido, que “o apoio ao funcionamento dos centros de investigação foi este ano alargado aos centros hospitalares”.

Brito e Abreu afirmou que este apoio “pretende ser um contributo para a sustentabilidade” dos centros regionais, para que tenham melhores condições para o “desenvolvimento de projetos científicos e para fazer face a despesas correntes de funcionamento”.

As verbas disponibilizadas agora poderão ser aplicadas na contratação pontual de recursos humanos, nomeadamente através de bolsas de gestão científica e de contratos de técnicos para o apoio de atividades administrativas, financeiras ou laboratoriais, na aquisição de reagentes laboratoriais e de equipamento informático e ‘software’, bem como para deslocações que permitam desenvolver cooperação científica nas suas áreas de intervenção.

Durante a visita hoje realizada, Brito e Abreu salientou que o SEEBMO tem realizado investigação “de ponta” em várias áreas da saúde, como a reumatologia, destacando-se o estudo sobre a espondilite anquilosante, uma doença reumática inflamatória, bem como estudos de hereditariedade ligada ao cancro através de diagnósticos moleculares, acrescentando que este centro é “extraordinariamente bem equipado”.

As atividades deste centro de investigação têm-se desenvolvido quer no apoio à rotina hospitalar, quer em investigação científica, nomeadamente no diagnóstico laboratorial de doenças com aplicação de técnicas de genética molecular, em investigação epidemiológica no âmbito da imunologia e biologia molecular, no registo oncológico hospitalar e ainda na prestação de cuidados de saúde.

O SEEBMO tem integrado vários projetos de investigação em colaboração com o Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto e com instituições internacionais, nomeadamente, em Espanha, o Instituto Jimenez Diaz, em Madrid, o Hospital Central das Astúrias, em Oviedo, e a Unidade de Investigação em Biomedicina do Hospital de Santa Cruz de Tenerife, nas Canárias, e, em Inglaterra, com o Wellcome Trust Centre for Human Genetics, em Oxford, o Institute of Public Health, em Cambridge, e o Arthritis and Research Council-Epidemiology Research Unit, em Manchester.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top