Home / Açores / Governo dos Açores aposta no emprego científico, afirma Gui Menezes 
Governo dos Açores aposta no emprego científico, afirma Gui Menezes 

Governo dos Açores aposta no emprego científico, afirma Gui Menezes 

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou hoje, na Horta, o lançamento de um concurso para o financiamento de projetos de investigação científica, alinhados com a Estratégia de Especialização Inteligente dos Açores (RIS3), num montante estimado de 2,9 milhões de euros para três anos.

Gui Menezes afirmou que este é “um concurso semelhante ao lançado em 2015, através do qual já estão a ser financiados 22 projetos, significando cerca de 34 contratos de trabalho qualificado”, destacando ainda a atribuição de seis bolsas de pós-doutoramento em contexto empresarial e até 12 bolsas de doutoramento.

O Secretário Regional, que falava na Assembleia Legislativa, destacou a aposta do Governo dos Açores “na regularidade e previsibilidade” do lançamento destes concursos para que “as instituições e os investigadores desenvolvam o seu trabalho com normalidade”.

Na área das Pescas, Gui Menezes referiu que está previsto para 2017 um investimento superior a 26 milhões de euros, destacando alguns investimentos em infraestruturas de apoio às pescas, como a obra de requalificação do Entreposto Frigorífico das Velas, em São Jorge.

O Secretário Regional do Mar defendeu que a valorização dos produtos da pesca “continuará no centro da ação” do Governo dos Açores, através de iniciativas como a marcação do pescado nas lotas do arquipélago, que já arrancou em todas as ilhas a título experimental com alguns armadores.

Gui Menezes adiantou que o Governo dos Açores vai promover “um maior envolvimento dos profissionais do setor na comercialização de pescado e em atividades complementares à pesca que tragam alternativas de rendimento, como a pesca turismo”, tendo anunciado a redução das taxas para esta atividade.

Ainda na área das Pescas, salientou os apoios aos investimentos privados em aquacultura, referindo que existem neste momento 12 projetos em fase de avaliação.

No que respeita aos Assuntos do Mar, Gui Menezes destacou o investimento de 13 milhões de euros na gestão e requalificação da orla costeira, afirmando que esta área de intervenção representa “um enorme desafio”.

“Este Governo está empenhado em proteger e requalificar as zonas mais vulneráveis, dando prioridade a locais onde pessoas e bens possam estar em risco”, disse, salientando a intervenção na costa norte de São Miguel, em Rabo Peixe, num investimento no valor de 2,8 milhões de euros.

No campo da monitorização e ação ambiental marinha, frisou que será dada continuidade ao Programa Estratégico para o Ambiente Marinho dos Açores, com uma verba de 544 mil euros, acrescentando que, este ano, “será apresentada formalmente a Estratégia Regional para o Mar, bem como o Plano de Ordenamento do Espaço Marítimo dos Açores”.

“Este é um plano que aposta no conhecimento porque sem conhecimento não há desenvolvimento”, afirmou Gui Menezes, defendendo “políticas articuladas e transversais, que permitam o desenvolvimento socioeconómico sustentável” dos Açores.

O Plano e Orçamento para 2017 nas áreas das Pescas, Assuntos do Mar e Ciência e Tecnologia atinge um valor global superior a 59 milhões de euros.

 

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top