Governo dos Açores assegura camas para descanso do cuidador em todas as ilhas da Região

A Secretária Regional da Solidariedade Social revelou esta quinta-feira, na Horta, que o Governo dos Açores assegura a disponibilização de camas para descanso do cuidador em todas as ilhas da Região.

No discurso proferido na cerimónia de lançamento da primeira pedra da obra de construção dos futuros centros de dia e de convívio do Centro Comunitário do Divino Espírito Santo, Andreia Cardoso avançou que “todas as ilhas dos Açores contam, atualmente, com camas para esse efeito, garantindo mais segurança, mais acompanhamento, mais dignidade e mais felicidade” quer a idosos, quer a pessoas dependentes.

As vagas para descanso do cuidador informal, nomeadamente, familiares ou outros tenham pessoas idosas ou dependentes a seu cargo, representam um conjunto de camas reservadas nas estruturas de acolhimento para a Terceira Idade que se destinam a acolher o idoso ou dependente, de modo provisório, garantindo, desta forma, todos os cuidados necessários em situação de ausência do seu cuidador principal.

A governante frisou que o Executivo Açoriano determinou que, em todas as obras de construção ou requalificação de infraestruturas na área da Terceira Idade contemplassem a criação de vagas que assegurassem que os cuidadores informais possam “em função daquelas que também são as suas necessidades, ter um sítio seguro e com todas as condições para o acolhimento daqueles que têm ao seu cuidado”.

“Porque entendemos que os cuidadores informais, aqueles que cuidam nas suas residências, precisam de informação de apoio e de competências para que tenham sucesso na prestação de cuidados cada vez mais complexos, torna-se fundamental equacionar um conjunto de medidas que se destinem a proteger este grupo”, salientou a secretária regional.

Para Andreia Cardoso, “o apoio do Governo dos Açores representa, acima de tudo, o reconhecimento da dedicação destes cuidadores aos seus familiares.”

A obra hoje iniciada, um investimento público superior a um milhão de euros, permitirá a instalação de um Centro de Dia e de um Centro de Convívio na freguesia dos Flamengos, com capacidade para 30 e 20 utentes, respetivamente, estando reservadas quatro vagas para o descanso do cuidador informal.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta