DestaqueLocal

Governo dos Açores avança com intervenção no acesso rodoviário à Fajã do Ouvidor, em São Jorge  

O Diretor Regional das Obras Públicas e Comunicações afirmou o compromisso de avançar de imediato com soluções para o restabelecimento das condições de segurança e reforço de drenagem pluvial no acesso à Fajã do Ouvidor, em São Jorge, nos troços que foram afetados por deslizamentos de terras em consequência das fortes chuvadas registadas segunda-feira.

Frederico Sousa visitou esta quinta-feira o local para acompanhar os trabalhos de remoção e limpeza de material e analisar os prejuízos registados, assim como verificar a necessidade de proceder a intervenções de prevenção de futuras ocorrências.

O Diretor Regional, em declarações à margem da visita, frisou que o deslizamento de terras que ocorreu no início desta semana “aconteceu como consequência de períodos intensos, constantes e anormais de pluviosidade, provocando a saturação dos solos e consequente deslizamento, que levou à obstrução de dois troços do ramal de acesso à Fajã do Ouvidor”.

A desobstrução da via foi garantida em menos 24 horas, após mobilização dos meios e recursos da Delegação de São Jorge da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, tornando possível a circulação rodoviária condicionada a meia faixa de rodagem nas zonas afetadas.

Frederico Sousa adiantou que, ultrapassada a questão da interdição de circulação rodoviária, decorrem atualmente os trabalhos de limpeza de estradas, estabilização da base dos taludes e levantamento topográfico, havendo a necessidade de “avançar com estudo geológico por forma a dar início à conceção de uma solução de contenção dos taludes e estrada regional, bem como melhoramento de sistema de drenagem”.

“Os serviços da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas continuarão os trabalhos de reposição de condições de segurança, pelo que os trabalhos vão continuar até estarem reunidas todas as condições de segurança de circulação”, assegurou o Diretor Regional.

GaCS/RL Açores

Comment here