Home / Açores / Governo dos Açores cria Centros de Acolhimento e Reabilitação de Aves Selvagens nos três grupos de ilhas do arquipélago
Governo dos Açores cria Centros de Acolhimento e Reabilitação de Aves Selvagens nos três grupos de ilhas do arquipélago

Governo dos Açores cria Centros de Acolhimento e Reabilitação de Aves Selvagens nos três grupos de ilhas do arquipélago

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente revelou, na apresentação do projeto do Centro de Acolhimento e Reabilitação de Aves Selvagens no Parque Florestal de Santa Luzia, no Pico, que até ao final de 2015 também será construída uma infraestrutura semelhante em São Miguel, dotando todos os grupos do arquipélago deste tipo de resposta.

Luís Neto Viveiros salientou que, além do centro já existente na ilha do Corvo, os novos espaços previstos nos objetivos delineados no âmbito das políticas de Conservação da Natureza, vão permitir a assistência e a recuperação de aves selvagens terrestres e marinhas de forma adequada, bem como a sua devolução de forma segura à Natureza.

Nesse sentido, o centro que vai ser construído no Parque Florestal de Santa Luzia, numa parceria entre as direções regionais do Ambiente e dos Recursos Florestais e que conta com o apoio técnico da SPEA, prevê o aproveitamento, através da ampliação do anexo da Casa do Guarda, para albergar uma sala de tratamento, uma zona de quarentena e uma cozinha, entre outras valências.

O investimento, no valor de cerca de 50 mil euros, prevê ainda a construção, no exterior, de gaiolas e de um túnel de voo.

Ao longo de todo o ano podem ser encontrados animais feridos por razões naturais ou por ação humana, como atropelamento, choque contra fios elétricos ou caça ilegal, entre outros.

Em particular durante a campanha SOS Cagarro, o encaminhamento e cuidado médico-veterinário de aves feridas é necessário e frequente.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top