Home / Destaque / Governo dos Açores delibera apoios em diferentes setores para a ilha de São Jorge
Governo dos Açores delibera apoios em diferentes setores para a ilha de São Jorge

Governo dos Açores delibera apoios em diferentes setores para a ilha de São Jorge

O Governo dos Açores, que hoje terminou a visita estatutária a São Jorge, definiu um conjunto de apoios específicos para esta ilha em diferentes setores, tendo em vista melhorar a qualidade de vida da população e alavancar o contínuo desenvolvimento económico, social e ambiental.

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares adiantou, na apresentação do Comunicado do Conselho de Governo que reuniu nas Velas, que serão substituídos os sistemas de aquisição de imagem dos equipamentos de Raio X dos centros de saúde da Calheta e de Velas, num investimento de cerca de 16 mil euros, adiantando ainda que será adquirida uma cadeira de dentista e equipamentos na área da Fisioterapia para o Centro de Saúde da Calheta, num valor de cerca de 41 mil euros.

“Com estes novos equipamentos, a Unidade de Saúde de Ilha reforça a sua capacidade de resposta nestas áreas, garantindo-se uma melhor rentabilização do espaço face às intervenções e melhorias efetuadas no edifício do Centro de Saúde da Calheta, prosseguindo no desígnio de políticas de saúde com proximidade e equidade do acesso aos cuidados de saúde dos utentes”, frisou Berto Messias.

O Secretário Regional referiu também que será adquirido um equipamento de eletrocardiograma contínuo de ambulatório, de modo a melhorar o diagnóstico na área da Cardiologia, um investimento de 10 mil euros que permitirá reforçar a capacidade de resposta da Unidade de Saúde de Ilha.

A atribuição de um apoio à Casa de Repouso João Inácio de Sousa, no valor de 100 mil euros, para a substituição da cobertura do edifício e para o projeto de ampliação da cozinha da instituição, bem como o apoio à Santa Casa da Misericórdia da Calheta, com vista à elaboração do projeto das Residências de Autonomização no concelho, foram outras das decisões do Executivo.

Berto Messias salientou ainda que, em 2019, será desenvolvido um plano de ação, na vertente da qualificação profissional e na melhoria das habilitações dos Jorgenses, no âmbito da Rede Valorizar e a Associação para o Desenvolvimento da Ilha de São Jorge será apoiada em cerca de 88 mil euros com vista à compensação pelo financiamento com os investimentos realizados na Escola Profissional de São Jorge.

Foi ainda autorizada a celebração de um contrato ARAAL com a Câmara Municipal de Velas para a realização da obra de acessibilidade alternativa ao Aeródromo de São Jorge, associada à reabilitação do Caminho das Areias, na freguesia de Santo Amaro.

“O investimento previsto é de 633 mil euros, assegurando o Governo Regional a comparticipação deste investimento no valor de 316 mil euros”, acrescentou.

O evento ‘São Jorge de Ponta a Ponta’, que decorre de 27 a 28 de abril, será apoiado com seis mil euros para promover a ilha de S. Jorge e os Açores como um destino de excelência para a prática de atividades de natureza, e à Associação AtlânticFut é apoiada com 10 mil euros para a realização do ‘AtlânticFut Cup 2019’, um torneio de futebol para escalões de formação, que terá lugar nas Velas, no final de junho.

Relativamente ao setor agrícola, o Executivo autorizou os procedimentos necessários para a conservação, manutenção e limpeza de 80 quilómetros de caminhos rurais e florestais, bem como decidiu atribuir apoios, num valor global de 200 mil euros, à Cooperativa Agrícola de Laticínios dos Lourais, à Associação de Agricultores da Ilha de São Jorge e à Associação dos Jovens Agricultores Jorgenses.

Berto Messias adiantou ainda que serão promovidas 10 ações de formação em ‘Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos’, para cerca de 180 formandos, num investimento global de cerca de 10 mil euros, de modo a sensibilizar para a correta utilização dos produtos fitofarmacêuticos e transmitir os conhecimentos adequados à sua boa utilização para a obtenção de alimentos saudáveis, garantindo, deste modo, a adequada proteção dos aplicadores e salvaguardando a saúde pública.

Foi autorizado também o lançamento do concurso público para a execução da segunda fase da empreitada de construção do caminho agrícola do Pau-Pique, no Perímetro de Ordenamento Agrário da Ribeira Seca/Norte Pequeno, num investimento estimado de 334 mil euros, referiu Berto Messias, acrescentando que a obra abrange uma extensão de cerca de dois quilómetros e reforça o processo de consolidação de infraestruturas de apoio ao desenvolvimento agrícola de São Jorge beneficiando o acesso às explorações de 20 agricultores, com uma área de 200 hectares.

Será ainda implementado um sistema de recolha de resíduos resultantes da atividade agrícola, nomeadamente plásticos, garantindo-se, desta forma, a recolha eficaz desses resíduos e a consequente melhoria da qualidade de vida e do ambiente da ilha de São Jorge, bem como levadas a cabo um conjunto de medidas no âmbito do controlo integrado de roedores.

Promover o programa Educação Empreendedora – o Caminho do Sucesso nas escolas Básica e Secundária de Velas e da Calheta, bem como na Escola Profissional de São Jorge, e a realização de uma conferência sobre a importância da defesa da Biodiversidade, numa iniciativa em parceria com a Comissão Europeia, foram outras das decisões do Governo Regional.

 

 

 

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top