Governo dos Açores e a Associação Agrícola analisam projeto do parque para expedição de bovinos em São Jorge

O Diretor Regional da Agricultura afirmou esta quarta-feira que o parque para expedição de bovinos a construir de raiz na ilha de São Jorge visa criar melhores condições para o seu maneio e contentorização, antes da sua expedição para outras ilhas ou para o exterior da Região, bem como libertar espaço no porto comercial das Velas.

“Trata-se de um projeto que constitui uma solução mais sustentável não só do ponto de vista do maneio e bem-estar animal, mas também do ponto de vista de própria funcionalidade do porto comercial das Velas, que passará a receber os animais a expedir por via marítima já devidamente acondicionados, tornado o processo de embarque muito mais célere, limpo e funcional”, referiu José Élio Ventura.

O Diretor Regional da Agricultura falava no final de uma reunião com a Direção da Associação Agrícola de São Jorge, que serviu para fazer uma análise e os últimos acertos ao projeto, através do aperfeiçoamento de algumas funcionalidades desta estrutura, que ficará localizada na zona das Levadas, num terreno perto da vila das Velas.

José Élio Ventura referiu que, em 2019, foram expedidos a partir da ilha de São Jorge 4.000 bovinos para outras ilhas do Açores, nomeadamente para a Terceira, e cerca de 500 para o continente português, números que justificam a necessidade de se avançar com o investimento deste parque na ilha.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta