Ultimas
Home / Açores / Governo dos Açores investiu cerca de três milhões de euros na selagem de lixeiras
Governo dos Açores investiu cerca de três milhões de euros na selagem de lixeiras

Governo dos Açores investiu cerca de três milhões de euros na selagem de lixeiras

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente anunciou, no Corvo, que o Governo dos Açores investiu na atual legislatura cerca de três milhões de euros em empreitadas já executadas de selagem de seis lixeiras nas ilhas das Flores, Graciosa, Santa Maria e Corvo.

Luís Neto Viveiros, que falava durante uma visita à obra de selagem da lixeira e de construção do aterro de inertes do Corvo, em fase de conclusão, salientou que, após a construção da Rede de Centros de Processamento, “as opções políticas tomadas pelo Governo dos Açores em matéria de gestão dos resíduos definem que a sua deposição em aterro seja reduzida ao mínimo indispensável e que os atuais locais de deposição (lixeiras e aterros) sejam objeto de intervenções de selagem e recuperação paisagística”.

O titular da pasta do Ambiente adiantou ainda que a selagem do aterro da ilha do Faial, que foi já adjudicada por cerca de 600 mil euros, se vai iniciar a 3 de outubro.

A empreitada de execução da selagem das lixeiras da ilha de São Jorge aguarda visto do Tribunal de Contas para ser adjudicada por cerca de um milhão de euros.

A empreitada de selagem da lixeira do Corvo e de construção de um aterro de inertes, inscrita na Carta Regional de Obras Públicas, foi adjudicada por 400 mil euros e fica concluída este mês.

A obra visou resolver os problemas ambientais decorrentes da lixeira a céu aberto, nomeadamente os impactes sobre a qualidade do ar e das águas na saúde pública e na qualidade da paisagem.

A construção do aterro de inertes vai dotar o Corvo das condições necessárias para a deposição dos resíduos de construção e demolição produzidos na ilha, que atualmente não dispõem de destino final adequado.

Este aterro destina-se apenas a depósito dos resíduos de construção e demolição não perigosos e que não podem ser reutilizados ou reciclados noutras obras.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top