Governo dos Açores promove formação de aplicadores de produtos fitofarmacêuticos para 2.400 agricultores

A Secretaria Regional da Agricultura e Florestas promove, até ao final deste ano, a formação inicial para aplicadores de produtos fitofarmacêuticos para uso profissional, em regime especial e transitório, com grupos de 50 formandos no máximo.

Esta formação, cujo despacho foi hoje publicado em Jornal Oficial, contempla um módulo inicial, com quatro horas de duração, e um segundo módulo, que terá a duração de 25 horas e terá de ser realizado até 31 de dezembro de 2019.

Por haver interessados inscritos até 31 de maio de 2016 que não tiveram oportunidade de frequentar o primeiro módulo de formação, foi agora decidido aplicar um regime especial e transitório para a formação de aplicadores de produtos fitofarmacêuticos para uso profissional.

O Governo dos Açores estima que cerca de 2.400 agricultores possam vir a frequentar esta formação.

Esta regime especial e transitório resulta da necessidade de atender às especificidades do setor agrícola regional, à dispersão geográfica da sua atividade e ao relevante número de profissionais do setor com necessidades formativas específicas em aplicação de produtos fitofarmacêuticos.

O requerimento de inscrição no primeiro módulo deve ser apresentado nos Serviços de Desenvolvimento Agrário de Ilha, sendo conferida certificação de aplicador aos formandos que frequentarem com aproveitamento o primeiro módulo.

Estas ações de formação visam a aquisição de conhecimentos para manusear e aplicar, de forma segura, produtos fitofarmacêuticos, reduzindo os riscos para o aplicador, para o ambiente e para o consumidor, contribuindo deste modo para a salvaguarda da saúde pública e para a produção de alimentos de qualidade.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta