AçoresSaude

Governo dos Açores promove projeto para aumentar dádivas de sangue dos jovens


O Governo dos Açores vai lançar este ano um projeto piloto que visa incentivar os jovens a doarem sangue, afirmou, na Horta, o Diretor Regional da Juventude.

Lúcio Rodrigues adiantou que este projeto piloto nasce do “estabelecimento de sinergias” entre as direções regionais da Saúde e da Juventude, o Hospital da Horta e a Associação de Dadores de Sangue do Faial, admitindo que pode vir a ser “replicado noutras ilhas”.

O Diretor Regional da Juventude, que falava terça-feira, no âmbito de uma reunião com a Associação de Dadores de Sangue do Faial, realçou a aposta que o Governo dos Açores tem vindo a fazer ao longo desta legislatura no “aumento da participação cívica dos jovens”, que resulta evidente pela “grande adesão que os programas de voluntariado têm demonstrado”.

Para Lúcio Rodrigues, os “jovens são os veículos ideais para a transmissão de mensagens para os próprios jovens”, motivo pelo qual “faz todo o sentido apostar na divulgação da importância da dádiva de sangue com os jovens e para os jovens”.

O Diretor Regional salientou que este projeto irá decorrer em duas fases, sendo a primeira “dedicada à divulgação e à promoção da dádiva junto dos jovens”, enquanto a segunda fase “incidirá na recolha de sangue”.

“A dádiva de sangue é um ato de cidadania e um dos maiores atos de voluntariado na nossa sociedade”, afirmou, frisando que, “quando damos sangue, damos de uma forma anónima e sem saber a quem se destina e isso é um grande ato de voluntariado e de generosidade para com o próximo”.

“Com este projeto queremos impactar e despertar os jovens para esta realidade. É importante cativar, ir ao encontro dos jovens no terreno, nas escolas, na perspetiva deles saberem a importância que podem ter já hoje, quer na divulgação, quer na doação”, salientou Lúcio Rodrigues.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Comment here