Governo Regional apoia Escola Profissional de São Jorge

O Governo dos Açores vai apoiar a Associação para o Desenvolvimento da Ilha de São Jorge em cerca de 85 mil euros, com vista à compensação pelo financiamento com os investimentos realizados na Escola Profissional de São Jorge.

O anúncio foi feito esta quarta-feira, nas Velas, pelo Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, na apresentação do Comunicado do Conselho de Governo, no âmbito da visita estatutária à ilha de São Jorge.

Berto Messias sublinhou que “este apoio adicional será concedido além dos apoios do Fundo Social Europeu” e “será atribuído através de contrato-programa que define um compromisso de cooperação entre o Governo dos Açores e a Escola Profissional”, assumindo-se como “mais um contributo para a valorização deste importante recurso da ilha de São Jorge”.

O Governo dos Açores deliberou igualmente “homologar a autorização para abertura de três novos cursos de formação profissional no próximo ano letivo”, o que possibilitará à Escola Profissional de São Jorge “ministrar o curso de Produção Agropecuária” e definir uma área para um novo curso que deverá ter em conta “as necessidades de mercado e o maior número de interessados”.

Berto Messias adiantou que, no próximo ano letivo, a Escola Profissional de São Jorge disponibilizará “um novo curso ligado ao Turismo, destinado a “formandos com o 9.º ou 12.º ano de escolaridade, no âmbito do Programa Reativar”.

Na área da agricultura, o Executivo regional decidiu “apoiar a Associação Agrícola de São Jorge em cerca de 80 mil euros”, com o propósito de “garantir e diversificar os serviços que esta entidade presta aos agricultores, bem como reforçar os processos de diversificação da atividade agrícola”, afirmou Berto Messias.

Ainda nesta área, adiantou que o Executivo vai “apoiar a Cooperativa dos Lourais em cerca de 80 mil euros no processo de inovação, qualificação e valorização do queijo produzido, de modo a dar resposta às exigências do mercado e dos consumidores”, lembrando que esta cooperativa, “com um volume de negócios superior a dois milhões de euros, laborou em 2017 mais de seis milhões de litros de leite, um crescimento de 200 mil litros face ao ano anterior”.

No respeitante ao abastecimento de água às explorações, o Secretário Regional realçou que o “Governo dos Açores investiu 4,2 milhões de euros nos últimos 10 anos, dotando a ilha de São Jorge de uma capacidade de armazenamento de água de 6.000 metros cúbicos”.

Berto Messias revelou que o Governo Regional vai “autorizar o lançamento do concurso público da empreitada do Caminho Agrícola da Ponte/Sete Fontes”, após o procedimento de revisão do projeto, “com um valor base de cerca de 350 mil euros”.

“Este investimento abrange 1.943 metros de caminho e irá beneficiar 40 explorações com uma área global de 120 hectares”, frisou, “reforçando o processo de consolidação de infraestruturas de apoio ao desenvolvimento agrícola de São Jorge no domínio da rede de caminhos do Perímetro de Ordenamento Agrário da Zona Poente da ilha”.

O governante revelou ainda que o Governo dos Açores irá promover a “conservação, manutenção e limpeza de 80 quilómetros de caminhos rurais e florestais, facilitando o acesso às explorações agropecuárias de São Jorge, através da regularização e pavimentação e da desobstrução e limpeza dos pavimentos, redes de drenagem, bermas e taludes”.

Na área do desporto, Berto Messias adiantou que o Governo dos Açores vai apoiar em cerca de 7.500 euros a organização do VII AtlanticFut”, que irá decorrer em São Jorge, em junho, justificando-se o apoio com o facto de o “evento envolver centenas de crianças e adolescentes” e de “se afirmar cada vez mais no calendário de torneios de futebol de formação na Região”.

A promoção de ações de formação para apicultores, o apoio ao Polo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica, a melhoria da sinalização de estradas, o apoio à participação de jovens Jorgenses no programa ‘Educação Empreendedora’ e o apoio à mobilidade de jovens foram outras medidas aprovadas pelo Conselho de Governo que reuniu na ilha de São Jorge.

GaCS/RL Açores

 

Deixe uma resposta