Governo Regional já atribuiu mais de 1.000 selos ‘Clean & Safe Açores’ 

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo adiantou esta terça-feira que o Governo Regional já atribuiu mais de 1.000 selos ‘Clean & Safe Açores’ em todas as ilhas do arquipélago.

“Fomos distinguidos pela European Best Destinations como um dos destinos mais seguros em 2020”, afirmou Marta Guerreiro, acrescentando que “a adesão a este selo tem sido preponderante para dar uma boa resposta a todas as questões de segurança sanitária que se impõem atualmente”.

Segundo a governante, foram realizadas 18 formações nas áreas da Hotelaria, Alojamento Local, Turismo em Espaço Rural, Animação Turística e Marítimo Turística, Rent-a-car, Agências de viagens, Excursões e Profissionais de Informação Turística, Restauração e Postos de Turismo, nas quais se inscreveram 1.470 entidades, num total de 1.852 formandos.

Para a obtenção do selo ‘Clean & Safe Açores’, os aderentes têm de realizar uma ação de formação online, ministrada com base no Manual de Boas Práticas COVID-19, elaborado em parceria com a Secretaria Regional da Saúde.

As formações decorreram com base nos módulos dedicados a cada uma das áreas e podem ser consultados em https://clean-safe.azores.gov.pt/boas_praticas.aspx, site através do qual os interessados podem obter todas as informações sobre o programa.

A Secretária Regional falava, no Nordeste, no final de uma visita ao empreendimento de Turismo em Espaço Rural ‘Casas da Chaminé’, já detentor do selo ‘Clean & Safe Açores’.

“Este é mais um exemplo de que os agentes do setor sentem a necessidade de bem-receber, o que, atualmente, implica também um conjunto de condições de segurança acrescidas”, frisou.

Marta Guerreiro evidenciou que se trata de um empreendimento turístico que promove não só a recuperação e preservação da memória da pré-existência, mas também proporciona ótimas condições de conforto num ambiente personalizado.

“São três unidades de alojamento, que correspondem a seis camas, numa propriedade que usufrui de excelentes vistas sobre o mar e de um ambiente natural envolvente de caráter profundamente rural e bucólico”, referiu.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta