Home / Açores / Governo Regional quer mais 10% de quota para imperador e alfonsim nos Açores 
Governo Regional quer mais 10% de quota para imperador e alfonsim nos Açores 

Governo Regional quer mais 10% de quota para imperador e alfonsim nos Açores 

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia esteve esta sexta-feira reunido, em Lisboa, com o Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, num encontro em que foi analisada a proposta da Comissão Europeia de redução da captura de goraz e imperador nos Açores.

Fausto Brito e Abreu manifestou a discordância do Governo Regional com a proposta de redução de quotas apresentada este mês por Bruxelas, que envolve uma diminuição de 34% da pesca de goraz ao largo dos Açores em 2015 e uma redução idêntica em 2016.

Para o Secretário Regional, estes cortes são “excessivos”, apontando como “máximo aceitável” uma diminuição de quota de goraz de 15% no próximo ano e um corte igual em 2016.

Fausto Brito e Abreu defendeu o princípio da precaução, mas frisou que “o goraz é uma das espécies com maior valor comercial nos Açores, tendo, por isso, uma grande importância económica e social”, lembrando ainda que o Governo Regional tem tomado medidas de conservação dirigidas a esta espécie.

Para além de discordar do valor do corte proposto para a captura do goraz, Fausto Brito e Abreu reclamou também um aumento de 10% de quota de captura para o imperador e o alfonsim, espécies abundantes nos Açores.

Este valor contrapõe ao proposto pela Comissão Europeia, que sugere uma redução de 5% na quota nacional de captura de imperador.

Fausto Brito e Abreu, em declarações à saída da reunião com o Secretário de Estado do Mar, afirmou estar “satisfeito com o encontro”, tendo obtido a garantia de que o Governo da República “vai apoiar as pretensões dos Açores na negociação das quotas de pescas com a Comissão Europeia”.

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia indicou ao Secretário de Estado do Mar que está disponível para integrar a delegação nacional ao Conselho das Pescas da União Europeia, em Bruxelas, quando a negociação final destas quotas de pesca estiver em agenda, sugestão que foi bem acolhida.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top