DestaqueLocalPolitica

Governo teima em repetir promessas que não cumpre em São Jorge, lamenta António Pedroso

O deputado do PSD/Açores António Pedroso afirmou hoje que o Governo Regional “teima em repetir promessas que não cumpre” para a ilha de São Jorge, tendo dado vários exemplos de obras sucessivamente prometidas pelo executivo e que não foram executadas.

“O Governo Regional voltou a São Jorge e teimou em repetir promessas que não cumpre. São muitas as obras públicas há vários anos que não têm passado do papel. Este governo especializou-se em adiar obras que deviam ser inadiáveis para o desenvolvimento da ilha”, disse o social-democrata, após a visita estatutária do executivo a São Jorge.

O parlamentar do PSD/Açores deu como exemplos das “promessas sucessivamente repetidas” a remodelação do Centro de Saúde de Velas ou a obra de proteção da orla costeira entre Santa Catarina e o Campo de Jogos da Calheta.

“Pelo terceiro ano consecutivo, o Governo Regional voltou a anunciar o início das obras de reabilitação do Centro de Saúde das Velas. A verdade é que os anos passam, os anúncios sucedem-se e nada é feito. Chega de promessas, concursos anulados e falta de transparência”, frisou.

No caso da obra de proteção da orla costeira entre Santa Catarina e o Campo de Jogos da Calheta, António Pedroso lembrou que se trata de um investimento “urgente” e que foi prometido em 2013.

“Este inverno, após o último temporal, aquela zona da orla costeira da Calheta encontra-se em claro risco de colapsar. Está em risco a segurança da população. A obra tem de ser feita com urgência”, explicou

O parlamentar do PSD/Açores recordou ainda as “requentadas” promessas de construção do Porto do Topo, “que voltou agora a ser anunciada pelo Governo Regional pelo quinto ano consecutivo”, bem como do Museu Francisco de Lacerda.

António Pedroso acrescentou que o Governo Regional, nesta visita à ilha, “voltou a não ser capaz de apresentar soluções para os constrangimentos que afetam São Jorge a nível dos transportes marítimos e aéreos de passageiros”.

“A prova de que o Governo Regional se limita a repetir as promessas anteriores está no facto do Conselho de Ilha não ter precisado de fazer um memorando este ano. Bastou remeter o Governo para o memorando do ano passado, porque continua tudo na mesma em relação a São Jorge”, sublinhou.

O deputado PSD/Açores referiu que a “única novidade” da visita do executivo se resume à “promessa fantasiosa” do Presidente do Governo Regional, de “promover, numa feira em Miami, o Porto de Velas como local de escala para navios de cruzeiros”.

“Infelizmente, o Porto de Velas não tem condições para que cruzeiros de médio e grande porte possam atracar, porque o Governo Regional, na obra de ampliação do cais, reduziu a cota de profundidade de 23 para oito metros, comprometendo o futuro desta infraestrutura portuária”, concluiu.

 

 

 

 

 

GI PSD Açores/RL Açores

Comment here