Home / Açores / Governos da Região e da República cooperam para o desenvolvimento do setor agrícola e florestal nos Açores, afirma João Ponte 
Governos da Região e da República cooperam para o desenvolvimento do setor agrícola e florestal nos Açores, afirma João Ponte 

Governos da Região e da República cooperam para o desenvolvimento do setor agrícola e florestal nos Açores, afirma João Ponte 

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas assegurou, em Ponta Delgada, que existe “disponibilidade, tanto do Governo Regional como do Governo da República, para continuar a desenvolver o setor agrícola e florestal nos Açores”.

João Ponte falava terça-feira, no final de uma reunião com o Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres, durante o qual foram analisados diversos assuntos, designadamente as florestas, a cinegética e a agricultura biológica.

A promoção da qualidade alimentar através do aumento da produção em modo biológico é um objetivo determinante do Governo dos Açores, que vai desenvolver, em conjunto com os operadores que se dedicam a esta atividade, um plano para a agricultura e produção em modo biológico na Região.

O Governo da República criou, em meados de 2016, um grupo de trabalho com representantes dos Açores e da Madeira para a elaboração da Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica e para colocar em execução um plano de ação para a produção e promoção de produtos biológicos

O relatório final deste grupo de trabalho já foi entregue, prevendo-se que a Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica seja apresentada nas próximas semanas.

“O Governo Regional está a articular com o Governo da República a adequação dessa estratégia à realidade específica da Região, sem prejuízo da colaboração técnica a estabelecer com vista à definição de uma estratégia própria do Governo dos Açores destinada à produção e promoção dos produtos açorianos obtidos em modo de produção biológico”, frisou João Ponte.

Na área das florestas, esteve em análise a cooperação em termos de formação profissional, estando prevista a deslocação de técnicos dos Açores a uma formação a nível nacional dedicada às questões do abate e dos cortes nas florestas.

“É uma área importante, na qual é preciso ter o nosso pessoal sempre preparado”, afirmou João Ponte.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top