Home / Açores / Grupos de Ação Local de Pesca são mais-valia para as comunidades piscatórias, afirma Brito e Abreu 
Grupos de Ação Local de Pesca são mais-valia para as comunidades piscatórias, afirma Brito e Abreu 

Grupos de Ação Local de Pesca são mais-valia para as comunidades piscatórias, afirma Brito e Abreu 

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia disse esta terça-feira, em Santa Cruz das Flores, que “o Governo dos Açores tem interesse em implementar medidas de Desenvolvimento Local de Base Comunitária no setor das Pescas”.

Fausto Brito e Abreu salientou que os Grupos de Ação Local de Pesca – GAL Pesca, promovem o aparecimento nas comunidades piscatórias de “iniciativas que podem contribuir para o aumento do rendimento dos pescadores, através de atividades complementares à pesca”.

O Secretário Regional do Mar falava durante uma reunião com a Associação dos Pescadores Florentinos onde foram analisados temas como a necessidade de mais equipamento de gelo, a nova grua para o Porto das Poças, a gestão da quota do goraz e a interdição de captura desta espécie até 31 de julho.

Brito e Abreu referiu que está em curso o procedimento de contratação para aquisição e instalação de uma nova grua com capacidade até 10 toneladas para o Porto das Poças.

Relativamente à interdição à pesca do goraz durante a segunda quinzena de julho, o Secretário Regional referiu que “os pescadores florentinos mostraram a sua concordância com esta medida do Governo”.

“Os pescadores da ilha das Flores entendem que a gestão das espécies com quota tem de ser conduzida de forma a valorizarmos ao máximo os produtos da pesca”, frisou.

Durante o encontro, o Secretário Regional do Mar afirmou ainda que o procedimento de contratação pública para a elaboração do projeto de construção de um tanque de salmoura no Entreposto Frigorífico das Lajes “terminou na semana passada”, estando previsto que o procedimento para contratação da empreitada seja lançado no primeiro semestre de 2016, sujeito a candidatura a verbas do Quadro Comunitário de Apoio.

O projeto de execução contempla a ampliação do atual entreposto frigorífico, de modo a acomodar o tanque de salmoura e os respetivos equipamentos mecânicos.

A Associação dos Pescadores Florentinos é composta por cerca de duas dezenas de armadores.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top