Home / Açores / Ilha das Flores vai ter, em breve, reserva de segurança de farinha e gás
Ilha das Flores vai ter, em breve, reserva de segurança de farinha e gás

Ilha das Flores vai ter, em breve, reserva de segurança de farinha e gás

O Secretário Regional do Turismo e Transportes encarregou o Fundo Regional de Coesão (FRC) da criação de uma reserva mínima de gás e farinha na ilha das Flores, para evitar ruturas.

Vítor Fraga, tendo em conta as recentes dificuldades em assegurar o normal abastecimento desta ilha, na sequência de condições meteorológicas adversas, que impedem, por vezes, a escala da ilha por via marítima, encarregou o FRC de encetar diligências para desencadear junto das entidades locais os procedimentos necessários à criação de um ‘stock’ mínimo de segurança de gás e de farinha nas Flores.

A medida visa evitar a rotura destes bens sempre que, por motivos meteorológicos ou técnicos extraordinários, não possa ser garantido o seu normal abastecimento.

Nesse sentido, o FRC já encetou contactos com a Câmara Municipal de Santa Cruz das Flores no intuito de avaliar, conjuntamente, o melhor local para a instalação de um parque de armazenagem de gás, com um ‘stock’ mínimo de garrafas de ambas as marcas, a que se possa recorrer quando se verificarem situações que, pela sua natureza, o exijam.

Nos últimos tempos, o abastecimento de gás à ilha das Flores tem sido reforçado mas não produz na íntegra os seus objetivos, uma vez que o receio da população tem levado à aquisições de garrafas em quantidades acima do que é frequente.

Recorde-se que a Portaria N.º 460/2011 determina que em cada habitação só podem ser armazenadas quatro garrafas de gás.

Toda e qualquer situação que ultrapasse esses limites, não só configura um incumprimento da legislação como, pela sua natureza, pode fazer perigar a segurança das pessoas.

Assim, apela-se à boa compreensão da população para que não se cometa exageros no armazenamento de botijas em casa.

É precisamente para evitar o desconforto dessa situação que o Governo dos Açores se propôs, desde logo, a criar este ‘stock’ de segurança de gás.

No sábado, 30 de janeiro, o navio ‘Sete Cidades’ desloca-se às Flores para repor a normalidade de abastecimento local.

Paralelamente, o FRC foi incumbido de implementar um ‘stock’ mínimo de farinha na ilha para obviar a sua falta no mercado, encontrando-se a avaliar a solução a implementar, em colaboração com a Associação Agrícola da Ilha das Flores, concretizando-a com a maior brevidade possível.

A parceria do Governo dos Açores, através do FRC, com as entidades referidas contribuirá para, de futuro, mitigar os transtornos ocorridos recentemente no habitual abastecimento de bens à ilha das Flores.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top