Ultimas
Home / Destaque / Indústria Conserveira de Santa Catarina comemora 20 anos e promete afirmar-se cada vez mais no mercado nacional e internacional de conservas (c/áudio)
Indústria Conserveira de Santa Catarina comemora 20 anos e promete afirmar-se cada vez mais no mercado nacional e internacional de conservas (c/áudio)

Indústria Conserveira de Santa Catarina comemora 20 anos e promete afirmar-se cada vez mais no mercado nacional e internacional de conservas (c/áudio)

A Indústria Conserveira de Santa Catarina, em São Jorge, pretende continuar a crescer de forma a ganhar sustentabilidade.

A empresa intervencionada pelo Governo Regional quer afirmar-se cada vez mais no mercado das conservas e ganhar a confiança de novos clientes e para isso vai contribuir a certificação alcançada pela empresa no início deste mês.

Num almoço de natal que juntou os mais de 130 funcionários da Santa Catarina, conselho de administração e convidados ficou bem patente a intenção de crescer cada vez mais.

Rogério Veiros, o presidente do Conselho de Administração da indústria conserveira, apontou como principal feito do ano de 2015 a certificação da empresa a nível da indústria alimentar. Uma tarefa que, segundo o administrador, não foi fácil, mas que era imperativa.

Comprar melhor, produzir melhor e vender melhor são os principais objetivos da conserveira para 2016 de forma a alcançar uma maior sustentabilidade.

Com vários mercados internacionais consolidados com grande destaque para o mercado italiano e para o mercado inglês, logo seguido do mercado alemão e americano, a Santa Catarina tem já novos mercado com potencial à vista.

A nível financeiro, Rogério Veiros garante que ano após ano a empresa tem vindo a melhorar os seus resultados, facto que também atribui à intervenção do Governo Regional.

A indústria conserveira de Santa Catarina está a celebrar 20 anos e para assinalar a data, a conserveira lançou um selo alusivo à mesma em parceria com os CTT.

Ainda durante este convívio foram homenageados trabalhadores da conserveira, com grande destaque para o papel que as mulheres que trabalham nesta fábrica desempenham.

2016 traz novidades para a Santa Catarina

O próximo ano promete ser um ano de novidades para a indústria conserveira jorgense que recentemente adquiriu um armazém em Lisboa, que vem facilitar o trabalho a nível da exportação, isto tendo em conta que os produtos da Santa Catarina são encontrados em várias lojas de Portugal Continental, numa altura em que contabilizados são mais de 300 os clientes da Santa Catarina no Continente o que este ano se traduziu em cerca de 2,2 milhões de euros de faturação.

Já no mercado açoriano a Santa Catarina conta com 435 clientes o que rendeu durante o ano de 2015 cerca de 1,5 milhões de euros.

Já no que toca a exportações para o estrangeiro, a conserveira tem presença em vários países desde o Canadá à China, arrecadando também cerca de 2, 2 milhões de euros em vendas para o estrangeiro.

Para o ano de 2016 a Santa Catarina pretende continuar a expandir o seu mercado.A par disso já tem preparado mais para o mercado açoriano novos produtos, como o lançamento da Santa Catarina Premium e ainda a nova imagem do “Bonito dos Açores”.

Quanto a 2015 também foram muitos os sucessos, pelo 4º ano consecutivo a Santa Catarina arrecadou o prémio “Melhor dos melhores” no Concurso Nacional de Conservas de Pescado, conseguiu o seu primeiro prémio internacional e alcançou ainda a sua certificação a nível da Indústria alimentar, o que a permite manter contratos importantes e conquistar novos contratos.

No que respeita a novos produtos, depois de em 2015 a conserveira ter lançado cinco novos produtos na sua linha gourmet ou de especialidades, já é certo que novos produtos irão surgir para o próximo anos nesta linha, mas que para já não podem ser revelados por questões de marketing.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top