Home / Saude / Investimento nos cuidados paliativos contribui para a melhoria dos indicadores de saúde dos Açorianos, afirma Luís Cabral
Investimento nos cuidados paliativos contribui para a melhoria dos indicadores de saúde dos Açorianos, afirma Luís Cabral

Investimento nos cuidados paliativos contribui para a melhoria dos indicadores de saúde dos Açorianos, afirma Luís Cabral

O Secretário Regional da Saúde afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, que o Governo dos Açores tem vindo a “apostar cada vez mais na área dos cuidados paliativos, de modo a contribuir para melhoria dos indicadores de saúde dos Açorianos”.

Luís Cabral, que falava à margem da sessão de abertura das XVIII Jornadas Regionais Patient Care e I Jornadas Insulares de Cuidados Paliativos, apontou como exemplo desse investimento a criação das Unidades de Cuidados Paliativos previstas para os três hospitais da Região.

Nesse sentido, revelou que a Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, “estará pronta para começar a funcionar até ao final do ano”.

O titular da pasta da Saúde considerou ser “impossível contornar a evidência de que hoje, em matéria de saúde, os Açores apresentam melhorias significativas”, salientando que a evolução da maioria dos indicadores de mortalidade assim o demonstra.

“O desafio presente é conseguir ainda melhores indicadores no futuro”, frisou.

O Secretário Regional destacou o “papel imprescindível” dos profissionais de saúde “na promoção da qualidade de vida e na redução do sofrimento associado à doença avançada, progressiva e incurável”, em matéria de cuidados paliativos, elogiando a capacidade desses profissionais para “sensibilizar a sociedade para a desmistificação do sofrimento, da morte e do morrer”.

Luís Cabral salientou também o facto de os profissionais do Serviço Regional de Saúde “revelarem um crescente interesse pela aquisição de competências que os habilitem a prestar cuidados nesta área”.

Na sua intervenção, o Secretário Regional assegurou ainda que o Governo dos Açores vai “continuar a trabalhar em prol da população, principalmente daquela que, pelas mais variadas razões, necessita de uma intervenção digna e humanizada que lhe permita viver com dignidade o resto da sua vida e morrer com a dignidade merecida”.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top