Home / Açores / Investimento privado em novo hospital é sinal de confiança na economia regional, afirma Vasco Cordeiro
Investimento privado em novo hospital é sinal de confiança na economia regional, afirma Vasco Cordeiro

Investimento privado em novo hospital é sinal de confiança na economia regional, afirma Vasco Cordeiro

O Presidente do Governo afirmou esta terça-feira que o investimento no Hospital Internacional dos Açores constitui um sinal da confiança de investidores privados na economia da Região e garantiu o empenho do Executivo em dotar o Serviço Regional de Saúde dos meios para servir os Açorianos.

Falando na cerimónia de lançamento da primeira pedra da construção do Hospital Internacional dos Açores, que ficará localizado no NONAGON – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, no concelho da Lagoa, o Presidente do Governo adiantou que diversos indicadores são bem elucidativos do estado da economia regional.

Em 2017, o Produto Interno Bruto ultrapassou a barreira dos 4.000 milhões de euros, o maior valor de sempre e já superior em 231 milhões ao que se verificava antes da crise, adiantou Vasco Cordeiro, para quem o trajeto de recuperação que a Região tem feito repercute-se, também, no mercado de trabalho, que regista mais cerca de 12.500 Açorianos empregados no primeiro trimestre deste ano, relativamente ao início de 2014.

Na sua intervenção, o Presidente do Governo adiantou ainda que, do ponto de vista de investimento privado, o sistema de incentivos Competir +, neste momento, já conta com cerca 900 candidaturas apresentadas, que representam quase 400 milhões de euros de investimento privado e uma previsão de cerca de 2.000 postos de trabalho diretos.

Ainda neste âmbito, atualmente estão a ser acompanhadas perto 40 intenções de empresários que querem apostar nos Açores, num montante superior a 140 milhões de euros de investimento externo.

Na cerimónia que marcou o arranque da construção do novo hospital, o Presidente do Governo garantiu, por outro lado, que este tipo de investimento não substitui nem pode diminuir o compromisso do Governo com um Serviço Regional de Saúde (SRS) dotado dos meios, das infraestruturas e dos recursos para cumprir a sua função de servir os Açorianos.

Nesse sentido, apontou os exemplos, entre outros, dos Centros de Saúde da Madalena do Pico, de Ponta Delgada, de Santa Cruz da Graciosa e a construção do Bloco C do Hospital da Horta, já concluídos, assim como investimentos de cerca de 20 milhões de euros até 2020 em diversas infraestruturas de São Jorge, do Pico e das Flores.

Ao nível das consultas, registou-se, também, segundo Vasco Cordeiro, uma evolução muito positiva de mais de 31 por cento no mesmo período, enquanto que, no conjunto das cirurgias, o crescimento entre 2012 e 2017 foi ainda mais significativo, registando-se um aumento de perto de 14 mil para quase 27 mil, o que representa um crescimento de 92 por cento.

 

 

 

 

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top