Home / Açores / Investimentos do Governo garantem soluções eficazes na gestão de resíduos nos Açores
Investimentos do Governo garantem soluções eficazes na gestão de resíduos nos Açores

Investimentos do Governo garantem soluções eficazes na gestão de resíduos nos Açores

O Presidente do Governo dos Açores visitou hoje a obra de selagem da lixeira e de construção do aterro de inertes do Corvo, um investimento de cerca de 340 mil euros que se integra na política que garante soluções eficazes e adequadas para a gestão de resíduos na Região.

Após a visita de Vasco Cordeiro a esta empreitada, integrada na visita estatutária à ilha do Corvo, o Secretário Regional da Agricultura e Ambiente salientou, em declarações aos jornalistas, que a política de gestão de resíduos que está a ser implementada constitui “uma pequena grande revolução” que se está a verificar nesta área.

Luís Neto Viveiros explicou que, à fase de selagem de lixeiras e aterros, segue-se “a construção e entrada em funcionamento dos Centros de Processamento de Resíduos (CPR)” em sete das nove ilhas do arquipélago, conforme previsto.

Assim, desde 2012, quando existiam dois CPR em funcionamento e lixeiras e aterros não licenciados em várias ilhas, foi concluída a construção dos sete Centros de Resíduos, num investimento global de 40 milhões de euros, e foram já seladas quatro lixeiras na Graciosa e nas Flores, com um custo de 1,8 milhões de euros.

Atualmente, conforme previsto na Carta Regional de Obras Públicas, decorrem a empreitadas de selagem da lixeira e construção de um aterro de inertes no Corvo, no valor de cerca de 400 mil euros, e a selagem da lixeira de Santa Maria.

Foram também já abertos os concursos públicos para as empreitadas de selagem das lixeiras de São Jorge e do aterro do Faial.

As opções políticas tomadas pelo Governo dos Açores em matéria de gestão dos resíduos apontam para que a deposição de resíduos em aterro seja reduzida ao mínimo indispensável e que os atuais locais de deposição sejam objeto de intervenções de selagem e recuperação paisagística, com ganhos ambientais e para saúde pública.

Esta política permite igualmente ganhos sob o ponto de vista de oportunidades de negócios para o setor privado e criação de novos postos de trabalho.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top