Ultimas
Home / Açores / Jardim Botânico do Faial preserva 120 espécies naturais dos Açores
Jardim Botânico do Faial preserva 120 espécies naturais dos Açores

Jardim Botânico do Faial preserva 120 espécies naturais dos Açores

O Jardim Botânico do Faial procedeu à plantação de mais 500 exemplares das cerca de 120 espécies naturais dos Açores que integram a sua coleção, entre as quais as raríssimas Veronica Dabneyi e Myosotis azorica.

Esta plantação incluiu seis plantas de Veronica dabneyi, 15 de Myosotis maritima, vulgarmente conhecida por ‘Não-me-esqueças’, 33 de Leontodon filii (patalugo maior), 14 de Azorina vidalii (vidália) e 26 plantas de Euphorbia azorica (erva leiteira).

Foram também plantadas 17 plantas de Pericalis malvifolia (cabaceira), 25 de Ammi trifoliatum (pé-de-pomba), e 26 deSolidago sempervirens (cubres), além de 57 plantas de Lotus azoricus, 56 de Cerastium azoricum, 29 de Scabiosa nitens, 45 de Tolpis azorica e 30 plantas de Tolpis succulenta.

Estas plantas, que incluem muitas espécies ameaçadas pela perturbação e destruição dos seus habitats naturais, foram produzidas no viveiro de plantas raras do jardim, uma estrutura recentemente inaugurada pelo Governo dos Açores com o objetivo, entre outros, de cumprir as metas definidas pela Estratégia Mundial para a Conservação das Plantas, implementada pela ONU.

O Jardim Botânico, integrado no Parque Natural do Faial, dedica-se à conservação da flora natural do arquipélago através do Banco de Sementes dos Açores, da manutenção de populações de plantas ameaçadas e da propagação de espécies raras, entre outras ações.

Este espaço, que está aberto a visitantes, contribui ainda para divulgar a flora natural dos Açores e para o conhecimento sobre a biologia das espécies.

RL/GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top