João Sequeira reage a declarações de António Aguiar e afirma não admitir que o acusem de falta de ética (c/áudio)

João Sequeira, o presidente da Associação de Agricultores de São Jorge, reagiu às recentes declarações de António Aguiar, presidente da Uniqueijo, em que este acusa o presidente da Associação Agrícola de não estar a par da situação real do setor cooperativo, apontando mesmo aspetos em que a Associação não está a cumprir o seu dever.

Tudo começou quando o presidente da Associação de Agricultores disse que o preço do leite pago ao produtor deveria ser aumentado face à qualidade do produto.

Ora, António Aguiar até concordou com a ideia, mas apontou o dedo a João Sequeira no que respeita ao trabalho da Associação de Agricultores.

Uma das críticas estava relacionada com a manutenção dos caminhos agrícolas. Crítica essa que João Sequeira vem agora refutar.

João Sequeira é quem aponta agora o dedo a António Aguiar na qualidade de vice-presidente da autarquia calhetense, dizendo mesmo que no concelho da calheta nada foi feito para melhorar o estado dos caminhos agrícolas.

Já no que toca à realização da Feira Açores em São Jorge, outra crítica apontada por António Aguiar, João Sequeira diz que esses eventos não dependem apenas da Associação, falando ainda nos avultados custos.

Quanto à realização da Feira Agrícola de São Jorge, está também tudo dependente de questões financeiras.

No que respeita ao abastecimento de água à lavoura, outra questão levantada, João Sequeira garante que a zona do Topo vai ter um novo reservatório, estando também já em estudo um reservatório para as freguesias da Ribeira Seca e Rosais.

Tal como o presidente da União de Cooperativas, também o presidente da Associação de Agricultores afirma não querer cometer erros do passado.

Para o Presidente da Associação de Agricultores a partir de agora para ele este assunto “está encerrado”, no entanto afirma que António Aguiar “deve ter falta de memória”, uma vez que garante que alguns destes assuntos já foram abordados pessoalmente com o presidente da Uniqueijo.

João sequeira diz ainda não querer entrar em conflitos, mas não admite que o acusem de falta de ética.

Liliana Andrade/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta