Politica

JSD/Açores. Flávio Soares garante que os jovens açorianos podem contar com a estrutura para “uma nova esperança”

O líder reeleito da JSD/Açores, Flávio Soares, afirmou que os jovens açorianos podem contar com aquela estrutura para lhes dar “uma nova esperança, sendo que um aspeto fundamental para devolver essa esperança aos nossos jovens é a criação de emprego”, disse.

“Mesmo num cenário de crescimento económico a nível mundial, a governação socialista nos Açores não tem sido capaz de promover uma redução acentuada do desemprego jovem”, afirmando que a taxa de desemprego jovem, situada nos 32%, continua a ser escandalosamente alta, quando comparada com os valores nacionais, de 20%.

Para Flávio Soares “uma política de juventude que seja digna desse nome tem, necessariamente, de conter medidas que promovam a criação de emprego sustentável. É necessário apoiar a iniciativa, a inovação e o talento e reconhecer o esforço e o trabalho bem feito. Nesta área do emprego defendemos a reestruturação dos programas ocupacionais, através da criação de um único programa que reveja, de forma justa e equilibrada, os atualmente existentes”, garantiu.

Apontando a agricultura como uma área potencial de criação de emprego jovem, o presidente reeleito da JSD/Açores, complementou que “é importante existir uma efetiva interação do sector agrícola com os jovens, dando-lhes condições para que se sintam aliciados a trabalhar no sector, colocando a vitalidade da juventude ao serviço da nossa Agricultura”, frisou.

Flávio Soares considerou “urgente adequar a forma de cálculo dos descontos para a Segurança Social dos jovens agricultores, de acordo com a sua condição específica de empresários em início de atividade agrícola, a criação do estatuto de jovem agricultor e de jovem empreendedor rural nos Açores”.

Numa intervenção perante os mais de 100 congressistas da JSD/Açores, este fim-de-semana em São Vicente Ferreira, o líder reconduzido nas urnas, afirmou que “o falhanço das políticas educativas, sem planeamento a médio e longo prazo, coloca os Açores, uma vez mais, no fundo da tabela nacional.”, criticou.

Mostrando-se disponível para um debate alargado entre professores, pais e alunos sobre o modelo educativo na região, Flávio Soares defendeu que é importante a “adaptação dos programas curriculares utilizados atualmente”, a valorização de “formas diferentes de aprendizagem nas escolas” ou a criação do “um gabinete multidisciplinar de apoio ao estudante, a ser criado pela Direção Regional da Educação em cada escola secundária”.

Num congresso que decorreu pela primeira em muitos anos fora dos centros urbanos, o líder regional da estrutura assegurou que “a JSD/Açores vai continuar a dar voz a todos os jovens, quem é constantemente negada uma oportunidade de se pronunciarem face a quem ainda governa esta Região”.

O 20º Congresso Regional da JSD/Açores decorreu durante o fim-de-semana, juntando delegados de todas as ilhas dos Açores.

 

GI PSD Açores/RL Açores

Comment here