Home / Autárquicas 2017 / Juntas de Freguesia: nas Velas CDS-PP aumenta número de juntas e soma 4, sendo que as outras duas ficam entregues ao PS e PSD (c/gráficos)
Juntas de Freguesia: nas Velas CDS-PP aumenta número de juntas e soma 4, sendo que as outras duas ficam entregues ao PS e PSD (c/gráficos)

Juntas de Freguesia: nas Velas CDS-PP aumenta número de juntas e soma 4, sendo que as outras duas ficam entregues ao PS e PSD (c/gráficos)

A vitória mais expressiva da noite no que toca a juntas de Freguesia foi claramente para o PS e para Hélio Rosa na freguesia das Velas. O PS conseguiu 804 votos, elegendo oito mandatos, contra 185 votos no CDS-PP que elege apenas um mandato. Ora, o PSD não elege nenhum mandato ao contrário de há quatro aos quando tinha conseguido dois, não tendo passado dos 82 votos. A CDU fica-se pelos 26 votos, não elegendo qualquer mandato. Ora, de destacar a vitória expressiva de Hélio Rosa quando comparada com 2013, altura em que já tinha eleito cinco mandatos e conseguido 614 votos, reforçando este ano essa mesma votação.

No entanto, no concelho das Velas, o CDS-PP conseguiu reforçar o número de Juntas de Freguesia. Depois de manter Rosais e Norte Grande, freguesias conquistadas já em 2013, também Santo Amaro e Urzelina ficam sob a alçada do CDS.

Ora, na freguesia de Santo Amaro, Roger Sousa, que se candidatava pela terceira vez consecutiva, conseguiu ser eleito com 241 votos, elegendo 4 mandatos para a Assembleia de Freguesia. O PS conquistou 164 votos, conseguindo dois mandatos. Já o PSD acabou por ser o maior derrotado, uma vez que perdeu a presidência da Junta de Freguesia, a qual tinha ganho há quatro anos atrás, e este ano não foi além dos 91 votos, elegendo apenas um mandato.

Já na freguesia da Urzelina que era PS e que agora passa a ser do CDS-PP com a vitória de Jorge Silveira, o CDS conseguiu 274 votos, elegendo quatro mandatos, sendo que o PS 242 votos e três mandatos. Já a CDU que era o outro partido que concorria à Urzelina ficou-se pelos 26 votos, não elegendo qualquer mandato.

Em Rosais, que há 16 anos está sob a alçada do CDS-PP, Marília Freitas foi eleita presidente da Junta de Freguesia reforçando a votação de 2013, conquistando este ano 266 votos, elegendo quatro mandatos. O PS conseguiu 185 votos e três mandatos, o mesmo número que tinha conseguido há quatro anos. Já o PSD não foi além dos 15 votos em Rosais, perdendo o único mandato que tinha conquistado em 2013 e perdendo também 73 votos comparativamente com a eleição de há quatro anos.

Ora no Norte Grande, destaque também para o CDS-PP, com a reeleição de Fernando Pereira, que conseguiu 170 votos, elegendo três mandatos. Logo seguido pelo PS com 139 votos e elegendo também 3 mandatos, mais um do que há quatro anos, que acaba por ser “roubado” ao PSD que perde um mandato na Assembleia de Freguesia do Norte Grande tendo-se ficado pelos 65 votos nesta eleição, elegendo apenas um mandato.

Quanto à freguesia das Manadas, mantém-se sob a alçada do PSD com Vasco Pinto na presidência da Junta de Freguesia que ganhou apenas com nove votos de diferença, ou seja, o PSD conseguiu 101 votos, elegendo três mandatos, sendo logo seguido pelo CDS-PP que conquista 92 votos e elege também três mandatos. Já o PS nã foi além dos 57 votos, perdendo dois mandatos comparativamente com 2013, e elegendo apenas um para a Assembleia de Freguesia das Manadas.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top