Home / Açores / Leite dos Açores vai ser alvo de um estudo comparativo por uma entidade reconhecida internacionalmente, anuncia João Ponte
Leite dos Açores vai ser alvo de um estudo comparativo por uma entidade reconhecida internacionalmente, anuncia João Ponte

Leite dos Açores vai ser alvo de um estudo comparativo por uma entidade reconhecida internacionalmente, anuncia João Ponte

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou hoje que o Centro Açoriano do Leite e Lacticínios (CALL) vai encomendar um estudo comparativo sobre o leite dos Açores a uma entidade reconhecida internacionalmente e proceder à classificação da manteiga, contribuindo assim para a valorização do leite produzido no arquipélago.

“Na próxima reunião do CALL, o Governo Regional irá propor a realização de um estudo independente exploratório comparativo do leite dos Açores com leites de produção nacional e internacional”, afirmou João Ponte, que falava em São Miguel, na cerimónia de entrega do prémio ‘Produtor Excelente’, organizado pela Associação de Jovens Agricultores Micaelenses.

João Ponte considerou que este será um passo “muito importante rumo a uma melhor e mais objetiva caracterização comparativa do leite açoriano, podendo também contribuir de suporte objetivo e independente em futuras campanhas de marketing em que se pretenda comunicar eventuais características diferenciadoras do produto açoriano”.

No que diz respeito à classificação da manteiga, o Secretário Regional salientou que “está já em curso”, com as indústrias, um procedimento com vista ao reconhecimento do produto, através de uma Denominação de Origem Protegida (DOP) ou Indicação Geográfica Protegida (IGP).

“Ambas as iniciativas visam contribuir para uma maior valorização do leite e, consequentemente, a melhoria do rendimento da fileira”, afirmou João Ponte, acrescentando que é “fundamental prosseguir o esforço de acrescentar valor ao leite de excelência” que é produzido no arquipélago.

Na sua intervenção, o Secretário Regional destacou que a união entre a agricultura e a ciência, o conhecimento e a investigação deve ser cada vez mais forte num mundo em permanente mudança, pelo potencial económico e estratégico que contém, apontando o exemplo do leite biológico que já começa a ser produzido nos Açores.

“Produzir mais e melhor, com mais qualidade, apostando em produtos diferenciadores e que tragam mais valor acrescentado são metas a alcançar”, disse João Ponte, vincando que o setor agrícola foi o que mais evoluiu, estando hoje bem preparado, e a indústria modernizou-se.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top